Polí­tica

Foto: Divulgação

Mediante iniciativa do deputado Amélio Cayres (PR), foram aprovados, na sessão ordinária da manhã desta quarta-feira, dia 8, dois requerimentos que sugerem a estatização da Faculdade do Bico do Papagaio - Fabic -, instalada em Augustinópolis e da Faculdade Integrada de Araguatins - Faira -, localizada em Araguatins. “Por serem duas instituições produtoras de conhecimento humano, se localizarem na região mais habitada do Estado e servirem a uma população estudantil de baixa renda é que se justifica a aprovação dessas medidas”, defendeu Amélio Cayres.

Já a solicitação para que a Defesa Civil Estadual distribua água, cestas básicas e construa cacimbas para os atingidos pela seca no Tocantins, principalmente no Sudeste do Estado, é do deputado José Viana (PSC). Dentre as matérias de Osires Damaso (Dem) está uma que pede ao Governo Estadual que considere patrimônio histórico e cultural do Estado a congada, sússia e jiquitaia, manifestações tradicionais da cultura negra, praticadas em diversos municípios do Estado.

O democrata ainda sugere a instalação de campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins – IFTO -, nas cidades de Lagoa da Confusão e Pedro Afonso. Já o pedido para que a prefeitura da capital esclareça os motivos de uma construção ao lado do Rodoshopping de Pamas é do deputado Marcello Lelis (PV)

Já o republicano Stalin Bucar quer que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) informe aos legisladores a situação das licitações, contratos e convênios da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau - que se encontram suspensos por determinação do próprio órgão.

A também republica Luana Ribeiro quer informação da Sesau sobre a listagem de remédios que faltam nos hospitais de Araguaína e Paraíso do Tocantins. O deputado Cacildo Vasconcelos (PP) pede permissão ao Legislativo para que o Senhor Paulo Correia de Oliveira, da Fundação Natureza, possa apresentar nesta o Projeto Megaleitura.

As demais matérias aprovadas são de autoria dos deputados César Halum (PPS), José Geraldo (PTB), Manoel Queiroz (PPS) e Toinho Andrade (DEM). Dentre as propostas, está a reforma e aquisição de equipamentos para uma casa de farinha de Augustinópolis e a implantação de uma biblioteca pública em Cristalândia.

Fonte: Dicom/AL