Polí­tica

Foto: Koró Rocha

A Assembleia Legislativa se prepara para receber autoridades, jornalistas e população para a cerimônia que vai empossar os próximos governador e vice-governador do Estado, respectivamente, José Wilson Siqueira Campos (PSDB) e João Oliveira (Dem). A solenidade que estava prevista para às 9h do dia 1º de janeiro de 2011 foi antecipada para às 8h do mesmo dia em virtude de um pedido do PSDB. A presença dos eleitos na posse da presidente Dilma Rousseff (PT) em Brasília, às 14h30, é o motivo alegado.

Outras medidas adotadas pela Casa de Leis visam garantir a segurança dos presentes, facilitar o trabalho de profissionais de imprensa e evitar tumultos. O controle do acesso é um dos principais pontos da organização e se dará pela distribuição de bótons em diferentes cores.

Às galerias estão reservadas 184 vagas para os secretários do novo governo, autoridades federais, prefeitos e presidentes de câmaras de vereadores de municípios tocantinenses, além de reitores e líderes de entidades privadas convidados. Já o auditório, que contará com um telão onde se transmitirá ao vivo a solenidade, está destinado para vereadores tocantinenses, vice-prefeitos e demais autoridades convidadas.

Também haverá transmissões em telões no Hall de entrada da Assembleia, para o público, e no plenarinho, para autoridades. Por fim, o plenário do Parlamento está destinado para os atuais e os próximos deputados estaduais, federais e senadores, bem como seus convidados. Uma das tribunas de honra, com 30 vagas, está reservada exclusivamente para os convidados do governador e do vice-governador eleitos.

A tribuna da imprensa será de uso exclusivo de repórteres, fotógrafos e cinegrafistas previamente credenciados. Apenas fotógrafos da Casa e os cinegrafistas que farão a transmissão ao vivo da solenidade terão acesso ao plenário. Um esquema de distribuição de imagens será preparado para que todos os veículos disponham de fotos e imagens da ocasião.

Roteiro

Preparado de acordo com o que determina o Regimento Interno da Casa de Leis, a cerimônia será iniciada com a composição da mesa. Em seguida, o presidente do Legislativo, deputado Júnior Coimbra (PMDB), indica uma comissão de parlamentares para conduzir os governantes eleitos até o plenário.

A solenidade prossegue com a execução do hino nacional pelo grupo musical VozToc, juramento, leitura e assinatura do termo de posse, e discursos de deputados representantes da situação e da oposição. Os pronunciamentos do governador empossado e do presidente da Assembleia vão encerrar a solenidade.

Fonte: Dicom/AL