Polí­tica

Foto: Divulgação

Faltando dois dias do término do governo Lula, o senador João Ribeiro, líder do PR no Senado e um dos seus mais fieis apoiadores na Câmara Alta, conseguiu viabilizar o repasse de recursos federais para mais dez novas creches no Tocantins. Alem das creches, o senador conseguiu também liberar recursos para três escolas. Ao todo, foram R$ 5,518 milhões de recursos da União para o Tocantins, liberados nesta quinta-feira, (30).

Por decisão dos ministros da Educação e do Planejamento, os seguintes municípios receberão a primeira parcela, relativa ao início das obras, de construção das creches: Abreulândia (658 mil), Ananás (632 mil), Axixá (658 mi), Brasilândia do Tocantins ((558 mil), Conceição do Tocantins (658 mil), Goianorte (658 mil), Itacajá (594 mil), Itapiratins (650 mil), Tupiratins (297 mil) e Xambioá (655 mil). Além de uma escola em Almas (462 mil).

Com estas dez novas creches, o senador João Ribeiro fecha o ano de 2010 com cerca de 100 novas creches em construção no Estado com recursos do Governo Federal. Até o final do próximo ano, João Ribeiro espera aprovar recursos para a construção de pelo menos uma creche em cada município do Tocantins.

Ao comentar o repasse dos recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), do Ministério da Educação para os cofres das prefeituras, João Ribeiro prometeu que em seu novo mandato como senador da Republica vai intensificar ainda mais sua atuação na proteção e defesa dos direitos das crianças do Tocantins.

“Já pedi a minha assessoria uma série de estudos para aprimorar a legislação de proteção à infância. Eu que fui órfão aos nove anos de idade, juntamente com meus outros sete irmãos, sei como é importante o papel do Estado na defesa das crianças e adolescentes”, disse João Ribeiro.

Alem das creches, em meu novo mandato, a partir de 2011, João Ribeiro quer voltar sua atenção para a construção de escolas, de abrigos e buscar reforçar uma legislação que atenda especialmente as crianças dos municípios brasileiros com menos de 10 mil habitantes.

Fonte: Assessoria de Imprensa João Ribeiro