Meio Ambiente

Foto: Fabiola Dias

O novo presidente do Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins, Alexandre Tadeu Rodrigues, que assumiu a pasta no domingo, 02, inicia as primeiras ações de sua gestão. Uma delas será o mutirão técnico para dar andamento nos processos com pendências para regularização florestal da propriedade rural.

O mutirão inicia na segunda-feira, 10 e segue até sexta-feira, 14, com uma equipe técnica de 10 profissionais que estarão à disposição dos consultores e proprietários rurais para sanar pendências e agilizar correções que se fizerem necessárias para a conclusão do processo.

Para o mutirão serão disponibilizadas máquinas com internet e impressora aos consultores. Segundo Alexandre Tadeu, “esta ação é parte da estratégia para agilizar os procedimentos de Licenciamento Ambiental e ordenamento Florestal, observando a legislação vigente e garantindo assim, o fortalecimento econômico, social e ambiental do Estado”.

Outra medida adotada pela nova gestão foi a revogação da Portaria nº 30 de janeiro de 2008 que exigia a autenticação de documentos apresentados no órgão. A nova edição da portaria considera desnecessário tal procedimento, levando em consideração a necessidade de desburocratizar os procedimentos internos, a intenção de proporcionar mais agilidade, e ainda reduzir as despesas pelas partes interessadas.

A Portaria está amparada no Código Civil Brasileiro 10.406/2002, artigo 225, no qual qualquer reprodução mecânica ou eletrônica de documentos faz prova plena destes, sendo considerados verdadeiros, caso não contestada sua autenticidade. A medida entra em vigor a partir da sua publicação.

Perfil do presidente

Alexandre Tadeu de Moraes Rodrigues nasceu em 1959, e é natural de Goiânia – Goiás. Formado em geografia pela PUC/MG - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Alexandre Tadeu veio em 92 para o Tocantins participar da construção do novo Estado.

Em 93 ingressou no serviço público, sendo em 2000 aprovado em concurso do Estado para o cargo de Inspetor de Recursos Naturais e nomeado a diretor da extinta Diretoria Desenvolvimento Sustentável do Naturatins, onde atuou até o ano de 2006, afastando-se do órgão em fevereiro de 2007. Em seguida trabalhou como consultor e a partir de 2008 coordenou a execução dos programas ambientais do Projeto de Integração do rio São Francisco com Bacias Hidrográficas do Nordeste Setentrional, conhecido como o Projeto de Transposição.

Experiências essas que renderam a Alexandre Tadeu a credibilidade e competência de retornar ao órgão ambiental do Estado com o cargo de presidente.

Fonte: Assessoria de Imprensa Naturatins