Saúde

Foto: Waquerlei Ribeiro

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus), através do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU/Palmas), realiza curso de atendimento pré-hospitalar móvel para profissionais de saúde dos municípios, que integrarão o Samu Regionalizado, nesta segunda-feira, 10, a partir das 08 horas, na sede do Samu, à Avenida Theotônio Segurado.

“Essa é a última turma, que já passou pelo curso teórico e passará agora, pelo treinamento prático, para ambientação do atendimento oferecido pelas unidades móveis que serão implantadas nos municípios circunvizinhos” - explica Lia Almeida Barbe, coordenadora do Núcleo de Educação em Urgência do Samu/Palmas.

Integração

“Com a regionalização, todas as ligações originadas das cidades regionalizadas, feitas ao 192, serão atendidas pela Central Reguladora do Samu de Palmas, que acionará o Serviço Móvel de Atendimento de Urgência, que abriga a Unidade de Suporte Básico (USB), mais próxima, para realizar o atendimento” - explica Cláudia Furlanetto, gerente de Urgência e Emergência da Semus.

Abrangência

“A regionalização do Samu vai permitir que moradores de municípios pequenos tenham acesso ao serviço de socorro 24 horas” - explica Samuel Bonilha, secretário da Saúde. “Após a implantação, estima-se que o Samu Regionalizado passe a cobrir uma população de mais de 332 mil tocantinenses” - acrescenta Bonilha.

Municípios

Fazem parte do projeto de regionalização, aprovado pelo Ministério da Saúde (MS) e Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Palmas e mais 09 municípios circunvizinhos, entre eles: Novo Acordo, Porto Nacional, Tocantínia, Paraíso do Tocantins, Barrolândia, Miracema, Miranorte, Lajeado e Santa Tereza do Tocantins. A implantação do Samu Regional está prevista ainda para o primeiro semestre de 2011.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Semus