Polí­tica

O prefeito de Colinas do Tocantins e membro do diretório do PT, José Santana Neto afirmou ao Conexão Tocantins que ajudou o partido a definir pela composição com o grupo do governador Siqueira Campos (PSDB) na Assembleia Legislativa.

Santana frisou ainda que a irmã e deputada estadual Amália Santana também optou pela aliança com os Siqueiristas. “Se queremos ir para a mesa podemos compor com qualquer grupo”, salientou.

O prefeito disse ainda que o partido não quis ficar na mão do PMDB. “Esta chapa da oposição já está jogada ao fracasso”, frisou.

Santana disse ainda que depois da eleição o partido fará uma oposição propositiva e pragmática com relação ao atual governo.

Indicação de Solange

Questionado se na sua opinião a legenda não deveria apoiar o nome da deputada petista Solange Duailibe para a presidência, o prefeito disse que a ausência da petista na legenda fez com que o partido não a apoiasse. “A ausência dela fez com que não apostássemos as fichas na sua candidatura”, frisou.