Polí­tica

Foto: Divulgação Donizeti prega a busca de um consenso que garanta a autonomia do poder legislativo e ao mesmo tempo a tranquilidade ao governo Donizeti prega a busca de um consenso que garanta a autonomia do poder legislativo e ao mesmo tempo a tranquilidade ao governo

O presidente do PT, Donizeti Nogueira afirmou ao Conexão Tocantins que a perda do espaço do partido na Mesa Diretora foi culpa da deputada Solange Duailibe também do PT, que disputou com o tucano Raimundo Moreira (PSDB) a presidência da Casa.

“Isso é resultado do processo político. O partido está tranquilo porque conduziu com o mais amplo debate, o mais amplo respeito a prática e a democracia esse processo”, salientou, após o deputado da legenda José Roberto Forzani perder a primeira-secretaria para Stalin Bucar (PR) da oposição.

O PT decidiu compor com o grupo do governador Siqueira Campos (PSDB) justamente para garantir as vagas na mesa mas o empate garantiu a vaga a Stalin que tinha mais mandatos. A tendência é que a deputada Amália Santana que disputa a quarta-secretaria também não consiga a vaga.

“A Solange não entendeu que não se pode colocar os caprichos pessoais à frente do partido. Ela é a culpada porque mudou de posição”, disse Donizeti. Seria a primeira vez que o PT faria parte da mesa diretora caso tivesse ganhado.

“Mais dois anos fora da mesa não diminui o PT que vai continuar crescendo”, salientou Donizeti. “Sabíamos dos riscos, acreditávamos na vitória com o apoio dela mas não foi o que aconteceu”, disse o presidente.