Polí­tica

Foto: Benhur de Souza

O deputado Iderval Silva (PMDB) assumiu em público que errou o voto para presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa.

O voto do parlamentar foi decisivo para a vitória do deputado Raimundo Moreira (PSDB), pela base de apoio ao governo Siqueira Campos (PSDB), à presidência da Mesa Diretora da Assembleia com 13 votos, em disputa com a deputada Solange Duailibe (PT), pela oposição ao governo, que obteve 11 votos.

Iderval disse que “ficou nervoso” e não enxergou direito a cédula de votação, marcando o nome de Moreira.

Em plenário, Iderval pediu desculpas à deputada Solange e afirmou que não teve a intenção de causar atritos na base de oposição com a ideia de “traição” no grupo. Solange Duailibe e os demais deputados manifestaram solidariedade a Iderval.

Fonte: Dicom/AL