Economia

Para atender as necessidades mercadológicas, o Senac Tocantins implantará a partir deste mês de fevereiro o curso sobre o Sistema Público de Escrituração Digital - Sped Fiscal.

O curso será realizado em duas etapas e as aulas terão a duração de 16 horas, divididos em quatro dias. Serão oferecidas 25 vagas a empresários, que vão ter a possibilidade de aprender ou de se aperfeiçoar mais sobre o Sped Fiscal.

O Sped Fiscal é um conjunto de escrituração de documentos fiscais, apuração de alguns impostos e outras informações de interesse dos fiscos das unidades federativas e da Receita Federal do Brasil. Na legislação Sped Fiscal é nomeado Escrituração Fiscal Digital (EFD). A EFD faz a apuração de registros de impostos referentes às operações e prestações praticadas pelo contribuinte.

Em janeiro de 2007 o então presidente da república, Luís Inácio Lula da Silva, assinou o decreto instituindo o Sistema Público de Escrituração Digital - Sped. No Tocantins, a portaria foi assinada pela Secretaria da Fazenda (Sefaz) em dezembro de 2009, estabelecendo a obrigatoriedade e o credenciamento dos contribuintes do ICMS, para a utilização de Escrituração Fiscal Digital – EFD no Estado do Tocantins.

Este arquivo deverá ser assinado digitalmente e transmitido, via Internet, ao ambiente Sped.A partir de sua base de dados, a empresa deverá gerar um arquivo digital, informando todos os documentos fiscais e outras informações de interesse dos fiscos federal e estadual, referentes ao período de apuração dos impostos ICMS e IPI. Ele substitui os livros fiscais de entrada, saída e inventário. O SPED Fiscal tem sido um dos maiores desafios para a gestão fiscal das empresas, pois envolve pessoas, sistemas e processos.

Segundo a diretora regional do Senac, Lunáh Brito Gomes, a obrigatoriedade do Sped Fiscal gerou muitas dúvidas entre os empresários. “Nossa finalidade é de esclarecer o uso do Sped Fiscal e de qualificar os empresários para o uso correto do sistema de escrituração digital. Por isso entendemos a necessidade de criar um curso sobre o Sped Fiscal com a chancela do Senac, que está 65 anos formando profissionais para o mercado de trabalho”, explicou a diretora.

A legislação, os processos e novos métodos do projeto Sped, trouxeram às empresas e ao Fisco, um grau elevado de modernização. O Sped encurtou o tempo gasto com validações fiscais, escrituração e conferência de documentos, garantindo processos empresariais em tempo real, transparentes e com alto grau de acerto. Com isso, as empresas faturam mais rápido com mais controle gerencial e menos complicação burocrática. As apurações dos resultados financeiros, fiscais e contábeis se tornaram eficientes, reduzindo riscos de fraudes e sonegação.

Outras funcionalidades do programa são a digitação, alteração, assinatura digital da EFD, transmissão do arquivo, exclusão de arquivos, geração de cópia de segurança e sua restauração. A periodicidade de apresentação do arquivo é mensal.

Para saber mais informações sobre o curso Sped Digital os interessados devem ligar para (63) 3219-1600.

1ª Etapa:

Café com Negócios – Encontro de participação de palestrante, com oportunidade para conhecimento sobre o conteúdo do curso, forma de abordagem, esclarecimento de dúvidas, enfim, um bate papo de caráter informativo.

– Data: 03/02/2011

– Horário: 18h30min

– Sem custo para os participantes.

– Local: Senac/Palmas

2ª Etapa:

Curso Práticas de implantação da Escrituração Fiscal Digital – EFD /SPED Fiscal:

– Carga horária: 16 horas

– Nº de participantes/turma: 25 empresários

– Período: 08 a 11/02/2011

– Horário: 18h30min

– Investimento: R$ 150,00 por participante

– Local: Senac/Palmas

Fonte: Assessoria de Imprensa Fecomércio