Estado

Foto: Divulgação Secretário Olyntho Neto e Jader de Pietro são recebidos pelo Procurador Geral do Estado, Bruno Nolasco Secretário Olyntho Neto e Jader de Pietro são recebidos pelo Procurador Geral do Estado, Bruno Nolasco

O secretário de Juventude e Esportes do Estado do Tocantins, Olyntho Neto, recebeu nesta terça-feira, 08, a visita do representante da Secretaria Geral da Presidência e Coordenação Nacional do Pró-Jovem Urbano, Jader de Pietro. O representante veio ao Tocantins a pedido de Olhynto Neto com a intenção de auxiliar a Secretaria a reorganizar e adequar os programas às necessidades e exigências nacionais, para que, não cause o cancelamento do Programa no Tocantins.

Olyntho Neto e Jader de Pietro se reuniram com o procurador geral do Estado, Bruno Nolasco para discutir as possíveis soluções legais para o pagamento dos salários dos professores, que estão em atraso desde dezembro. De acordo com o secretário, a intenção é buscar uma forma de organizar a situação de forma que nem alunos e nem professores sejam prejudicados.

O atraso no pagamento dos salários dos professores foi causado por ingerência da instituição que foi licitada para realizar os pagamentos e as contratações dos professores que atendem o programa. O contrato com a instituição foi celebrado em 2009 e tem validade de 24 meses.

Pró-Jovem urbano

O ProJovem Urbano é uma das modalidades do Programa Nacional de Inclusão de Jovens. As demais são: ProJovem Adolescente, ProJovem Campo e ProJovem Trabalhador.

Com duração de 18 meses, o curso oferece a conclusão do ensino fundamental, treinamento em informática, formação profissional inicial e atividades de participação cidadã. Aos jovens que cumprem determinados requisitos de freqüência e elaboração de trabalhos é concedido um benefício mensal de R0,00.

O Programa atende Jovens de 18 a 29 anos, que sabem ler e escrever e que não concluíram ou que estão concluindo o ensino fundamental. O jovem pode estar trabalhando de carteira assinada, isso não impede que ele participe e nem que receba a bolsa de R$ 100,00 por 20 meses.

O programa atende, através da Sejuves, os seguintes municípios: Colméia, Colina, Guaraí, Pedro Afonso, Paraíso, Porto Nacional, Gurupi, Dianópolis e Itacajá.

Fonte: Assessoria de Imprensa Secretária da Juventude