Polí­tica

Foto: Divulgação

A senadora Kátia Abreu (DEM) tem uma audiência marcada na próxima segunda-feira, dia 14 de fevereiro, com a ministra do Desenvolvimento Social, Maria Tereza Campelo. A pauta é o problema que toma conta da zona rural no País, onde, segundo a ONU, prevalece a pobreza.

No Tocantins, por exemplo, existem 300 assentamentos considerados no limite da pobreza, sem condições de produzir até mesmo para o próprio sustento. No Brasil, existem cerca de 2 milhões e 500 mi proprietários rurais considerados dentro da agricultura familiar. São pequenos e médios proprietários que têm dificuldade para produzir o próprio sustento.

Kátia Abreu quer alvancar uma agenda positiva conjunta entre a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e o governo federal. Para tanto, esteve na tarde de ontem, terça-feira, reunida com o vice-presidente da República, Michel Temer, tratando da viabilização de uma audiência com a presidente Dilma Rousseff para a construção dessa agenda para o País. O encontro com Temer, conforme Kátia, foi bastante positivo e sinalizou a intenção de um esforço conjunto para acabar ou pelo menos minimizar a pobreza rural no Brasil.

Fonte – Assessoria de Imprensa