Economia

Foto: Divulgação

O deputado estadual Marcelo Lelis (PV) participou na tarde desta quarta-feira, 16, da reunião do Conselho Municipal de Trânsito de Palmas, que decidiria sobre o valor da tarifa do transporte coletivo da Capital.

Na ocasião, foram feitas explanações referentes à planilha de gastos usada pela empresa para compor o valor final da tarifa.Com base em estudos, o presidente do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivo Urbano de Passageiros do Tocantins (Seturb), José Antônio dos Santos, o Toninho, apresentou proposta de aumento para R$ 2,40 e o relator e representante da OAB/TO no Conselho, Waldir Yuri Daher, defendeu que o valor da tarifa deveria continuar o mesmo, R$ 2,20.

Por 12 votos a favor e três contra, o Conselho decidiu manter o valor de R,20 incluindo a aquisição de mais dez veículos.

“Ficamos aliviados de pelo menos não ter esse aumento e esperamos que o prefeito não tome nenhuma decisão contrária ao que ficou decidido pelo Conselho, mantendo assim o valor da passagem”, avaliou o deputado Marcelo Lelis, que pretende apresentar, na sessão desta quinta-feira, 17, Moções de Aplausos aos representantes da classe estudantil que se mobilizaram contra o aumento e ao advogado Waldir Yuri Daher pelo estudo detalhado, que de acordo com o deputado, colaborou para a votação final do Conselho.

O encontro, que reuniu diversos segmentos representativos da sociedade, contou com a presença dos deputados Wanderlei Barbosa (PSB), Luana Ribeiro (PR) e Solange Duailibe (PT), além dos vereadores Fernando Rezende (DEM) e do vereador José do Lago Folha Filho (PTN).

Fonte: Assessoria de Imprensa Marcelo Lelis