Esporte

Foto: Divulgação Olyntho Neto vistoriou o estádio Niton Santos ao lado do engenheiro civil, José Umbelino Pires Olyntho Neto vistoriou o estádio Niton Santos ao lado do engenheiro civil, José Umbelino Pires

Dar total suporte aos atletas tocantinenses para a prática de esportes foi o que motivou o início da vistoria das praças esportivas da Sejuves - Secretaria Estadual da Juventude e Esportes. O início dos trabalhos aconteceu na segunda-feira, 14, no Estádio Nilton Santos em Palmas, e foi coordenado pelo secretário Olyntho Neto que disse que “está estudando a possibilidade de utilizar a estrutura do Estádio para a prática de outros esportes”. Ao todo, 18 municípios vão ser visitados pela equipe do Governo do Estado.

“Precisamos oferecer mais opções à população. Temos grandes estruturas, como a do Nilton Santos, que estão sendo pouco exploradas. Existem várias salas e outras dependências que podem servir de local para aulas de tênis de mesa, judô, karatê, entre tantos outros esportes”, explicou Olyntho Neto. A proposta será definida somente após a conclusão dos laudos técnicos.

O engenheiro civil, José Umbelino Pires, acompanhou a vistoria no Estádio Nilton Santos e disse que muitos defeitos na estrutura foram encontrados e que tudo será descrito em documentos com fotos e informações técnicas. Ainda de acordo com o Engenheiro, a data de conclusão do trabalho não pode ser precisada, “pois cada local vai demandar um trabalho diferenciado”.

As vistorias serão realizadas em 22 ginásios, cinco estádios e no kartódromo Rubens Barrichello. Segundo Olyntho Neto a equipe responsável pelos laudos será composta por técnicos da Sejuves e engenheiros da Secretaria da Infra-estrutura. “Queremos saber o que é preciso ser feito para que a população possa ter locais adequados para a prática de esportes. Estamos fazendo um trabalho de base para que nossas ações futuras sejam planejadas e bem fundamentadas”, explicou.

Na visita ao estádio Nilton Santos, o presidente da Federação Tocantinense de Canoagem, Tom Fernandes, também esteve presente. No local alguns barcos que foram utilizados no projeto Navegar, do Governo Federal em parceria com o Governo do Estado, estão sendo guardados. O projeto foi implantado em 2001, no Governo Siqueira Campos, e na gestão seguinte, em 2003, foi desativado. A intenção da Sejuves é retomar as atividades.

Fonte: Secom