Polí­tica

Foto: Divulgação

A primeira movimentação do senador Vicentinho Alves (PR) no compromisso de lutar por políticas públicas em prol dos povos indígenas iniciou, ontem, quinta-feira, 17, numa audiência onde recebeu, em seu gabinete, Marcos Terena - ativista que atua na defesa dos indígenas brasileiros.

No encontro, Vicentinho expôs sua intenção de atender e valorizar os povos indígenas do Tocantins e do Brasil.

"Marcos Terena é importante neste processo onde começamos a identificar as áreas para onde as políticas publicas que atendam as comunidades indígenas sejam direcionadas. Uma destas ações contempla a saúde de nossos índios. Pretendemos viabilizar o acesso amplo à saúde preventiva, passando pela alimentação adequada à cultura de cada etnia, e que se possa combater os casos de subnutrição nas aldeias, principalmente em crianças, mulheres e idosos", pontuou Vicentinho.

A primeira reunião é o "projeto piloto", segundo Vicentinho, "de uma série de reuniões de trabalho que realizaremos durante nossa atividade parlamentar."

Para Marcos Terena, "muito tem de ser feito pelos índios brasileiros e contar uma força representativa no senado, na pessoa do Vicentinho, que mesmo antes de ser eleito senador, já defendia a causa dos povos indígenas na atuação que teve à frente da comissão na Câmara dos Deputados que tratou da subnutrição nas aldeias, é importante e extremamente necessária."

Na proposta de trabalho, órgãos que lidam com a questão indígena serão convidados para participar do plano de atuação às demandas nas aldeias - Funasa, Funai, Ministério da Saúde e Ministério Público Federal.

Importante

Um dos objetivos do "Metas do Milênio", projeto encabeçado pela ONU (Organizações das Nações Unidas), estabelece a causa indígena como uma das prioridades até 2015.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Vicentinho Alves