Meio Ambiente

Ao final dos quatro meses de proibição da pesca nos rios e lagos do Tocantins, em função da Piracema - período de reprodução dos peixes –, o Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins divulga o relatório final das ações de fiscalização realizadas no período.

Conforme o relatório apresentado, foram apreendidos 7.500 metros redes malhadeiras, 424,09 quilos de pescado, 10 molinetes, 15 tarrafas, 02 espingardas e 12 facões. Ao longo do período as fiscalizações foram de rotina nos municípios das 16 Unidades Regionais do órgão e no lago da UHE-Lajeado. No total foram emitidos R$ 30.780 mil em autos de infração.

Além desses dados, há também os resultados obtidos em ações de parcerias com a Cipama - Companhia Independente da Polícia Militar Ambiental que ainda não foram contabilizados.

De acordo com o balanço apresentado houve uma redução se comparado aos anos anteriores. Tal resultado foi devido à medida adotada na gestão anterior com a redução de custos destinados ao pagamento de diárias para o deslocamento das equipes para a fiscalização em outras regiões.

Fonte: Assessoria de Imprensa Naturatins

Por: Redação

Tags: Cipama, Naturatins, Piracema, UHE Lajeado