Polí­tica

O aeroclube da cidade realizou sua eleição e escolheu o vereador Neto Aires como novo presidente para um mandato de 2 anos.

Chapa única concorrendo à presidência do Aeroclube, Neto foi eleito por unanimidade neste domingo, 13/03, juntamente com o Padre Sérgio, na vice-presidência - o padre é aviador e Neto Aires um dos estudantes do curso de aviação ministrado pelo clube.

O aeroclube de Porto Nacional foi fundado em 1957 e conta com, aproximadamente, 150 associados. Atualmente, o clube tem autorização para ministrar dois cursos – o de formação para piloto privado e o de piloto comercial.

Alunos de 6 estados brasileiros – dos atuais 45 cursandos, apenas 3 são de Porto Nacional – estudam no aeroclube, que conta com uma frota de 4 aviões, utilizados nas aulas práticas. Mas, segundo o novo presidente, “dessa frota, apenas uma aeronave está sendo utilizada, porque as outras estão sem condição de vôo, por estarem sucateadas e precisando de consertos.”

Justamente por “encontrar o aeroclube numa situação aquém da realidade que um dia pode contar” é que Neto Aires reforça a necessidade de que o aeroclube precisa, urgentemente, “estabelecer parcerias com as instituições privadas e públicas, a fim de sanar dívidas que se aproximam de 150 mil reais e ampliar as ações do clube com a proposta futura de podermos contar em nossa grade com um curso para piloto privado de helicóptero.”

Neto e Padre Sérgio concordam ainda com a proposta de elevar a condição do aeroclube na formação dos pilotos que estão entrando no mercado brasileiro, com a oferta de um curso superior de aviação.

No que se refere às ações de trabalho que a nova diretoria terá à frente da entidade constam as seguintes metas: recuperar a parte estrutural do clube; retomar o curso de piloto comercial, que está parado; e desafogar o aeroclube das dívidas contraídas. Hoje, o aeroclube é mantido somente com as mensalidades pagas.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Neto Aires

Por: Redação

Tags: Neto Aires, Porto Nacional