Estado

Foto: Wilson Rodrigues

O governador Siqueira Campos recomenda cautela a todos os ordenadores de despesas, da administração direta e indireta, até a aprovação orçamentária do Estado.

Segundo nota divulgada por sua assessoria Siqueira está “preocupado com o volume de dívidas herdadas da administração anterior, mesmo a do Poder Legislativo que não pagou as obrigações sociais referentes à folha de pessoal do último ano, no valor de R$ 3.800.000,00 e da Secretaria da Saúde que somam R$ 63.800.000,00”.

Ainda segundo a nota, contribuiu para recomendação do governadora redução substancial no repasse do Fundo de Participação do Estado (FPE), que de fevereiro para março foi de R$ 95.114.286,50, representando uma queda de 37,29%.

Veja a nota encaminhada pelo governo:

NOTA À IMPRENSA

GOVERNADOR RECOMENDA CAUTELA COM GASTOS

O governador Siqueira Campos, preocupado com o volume de dívidas herdadas da administração anterior, mesmo a do Poder Legislativo que não pagou as obrigações sociais referentes à folha de pessoal do último ano, no valor de R$ 3.800.000,00 e da Secretaria da Saúde que somam R$ 63.800.000,00, recomendou cautela a todos os ordenadores de despesas, da administração direta e indireta, até a aprovação orçamentária do Estado.

Além das dívidas, contribui para esta recomendação a redução substancial no repasse do FPE, que de fevereiro para março foi de R$ 95.114.286,50, representando uma queda de 37,29%. Sendo assim, todo tipo de despesa deve ser evitado. Nomeações e contratações serão feitas somente em caso de urgência para preenchimento de vacância.

O Governador, agradecendo a compreensão e solidariedade dos servidores públicos e da população, ressalta que, embora o quadro atual seja de cautela, todos devem manter a esperança de dias melhores. “Juntos, Governo e Povo, irão superar essas dificuldades e o Tocantins voltará a ser o Estado de orgulho para a sua gente.”

Adriana Borges

Assessora de Imprensa do Governador do Estado

Palmas, 23 de março de 2011.