Estado

Foto: Divulgação

A Setas – Secretaria de Trabalho e Assistência Social, por meio de sua diretoria de Inclusão Produtiva reuniu, nesta quinta-feira,24, o grupo multi- institucional de Economia Solidária para apresentar suas propostas de projetos dentro de 4 eixos temáticos; Segurança Alimentar e Nutricional; Desenvolvimento Social e Inclusão Social Produtiva; Emprego, Trabalho e Renda; Agricultura Familiar e Reforma Agrária.

Após a apresentação das propostas foi criado um grupo de consolidação de projetos e estabelecidos prazos para captação de recursos. A princípio os projetos serão apresentados ao BNDES – Banco Nacional do Desenvolvimento, que este ano recebeu R$ 11,5 bilhões do Fat – Fundo de Amparo ao Trabalhador para o financiamento de programas de desenvolvimento econômico. Segundo o diretor de Inclusão Produtiva da Setas, Valter Frota, o grupo tem pesquisado diferentes instituições financiadoras, buscando recursos para desenvolver os projetos de Economia Solidária do Tocantins.

A reunião definiu, ainda, a primeira audiência pública para apresentação da Lei Estadual da Economia Solidária. O encontro será dia 14 de abril, às 14hs, no auditório da Unitins e reunirá gestores públicos estaduais, as assessorias – Unitins, Universidade Católica e UFT, empreendimentos de Economia Solidária, e o Fórum Estadual de Economia Solidária.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Setas