Estado

Foto: Frederick Borges

Durante a cerimônia de entrega de equipamentos para a Segurança Pública no Estado o governador Siqueira Campos (PSDB) demonstrou emoção pela tragédia que aconteceu no Rio de Janeiro e vitimou várias crianças em Realengo.

Siqueira também sem citar nomes chamou atenção para o que chamou de “desocupados que fazem fofoca”. O governador disse ainda que os ambiciosos vão pagar caro. Aparentemente o governador estava falando de algumas situações internas no seu governo e principalmente na Segurança Pública.

O governador exaltou ainda que é preciso respeitar a hierarquia dentro da pasta da Segurança Pública. O pronunciamento veio logo após o secretário de Segurança Pública, João Costa Ribeiro Filho, afirmar que na Secretaria existem desocupados e bajuladores do poder.

Siqueira exaltou ainda a ação do senador Vicentinho Alves (PR) junto ao governo federal principalmente na área da Segurança Pública. Nesse sentido disse que o aliado é o senador que mais se destaca na área.

Raul Filho

O governador falou também sobre o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT). Disse que gostaria da presença dele no evento para que Estado e município sejam parceiros nas ações de Segurança Pública.

“O partido dele é o que menos importa. O prefeito tem espírito público”, afirmou. Siqueira disse que está trabalhando com transversalidade. “Não tenho nada contra o Raul nem contra os vereadores de Palmas”, salientou.

Siqueira ainda reconheceu que o prefeito trabalha com escassez de recursos e tem feito o que pode pela cidade.

Sistema prisional

Relatando a situação atual do sistema prisional no Estado o governador disse que os presos não podem “ser depositados como porcos no chiqueiro” e que é preciso ter critério na disposição dos detentos nos presídios do Estado.