Saúde

O presidente da Comissão de Saúde, Meio Ambiente e Turismo da Assembleia Legislativa, deputado Raimundo Palito (PP), dirigiu, no plenarinho da Assembleia, na tarde desta quinta-feira, dia 14, uma reunião que discutiu o impasse criado no atendimento do Plano de Saúde dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins – PlanSaúde. O encontro para discutir o PlanSaúde foi pedida pelo deputado Eli Borges (PMDB), por meio de requerimento aprovado na Casa.

O objetivo de Eli era reunir o secretário de Administração, Lúcio Mascarenhas, a presidente do Sindicato dos Médicos, Janice Painkow, e outros representantes dos segmentos de saúde e dos servidores públicos em geral para discutir o impasse.

O secretário de Administração não pôde comparecer à reunião, porém enviou um comunicado ao presidente da comissão, deputado Raimundo Palito, justificando a ausência e se dispondo a comparecer em outro momento a ser definido pela Comissão de Saúde.

Mesmo não contando com a presença de Mascarenhas, a comissão ouviu representantes das classes e colheu subsídios para a próxima reunião marcada para o dia 26 de abril, como os valores arrecadados pelo plano de saúde, os valores pagos pelo Estado à Unimed Centro-oeste, os motivos dos atrasos nos pagamentos de consultas e procedimentos médicos, dentre outros.

Além da presença do secretário, o presidente da comissão quer o comparecimento do representante do PlanSaúde, da Unimed Centro-Oeste, do presidente do Sindicato dos Dentistas do Tocantins, Ministério Público Estadual, Defensoria Publica do Estado e dos sindicatos dos diversos segmentos de servidores públicos estaduais.

A reunião contou ainda com a presença dos deputados Sargento Aragão (PPS), Josi Nunes (PMDB) e José Roberto Forzani (PT).

Fonte: Dicom/AL