Polí­cia

Foto: Divulgação Local do cativeiro (clique na foto para ampliar) Local do cativeiro (clique na foto para ampliar)

A Polícia Civil libertou na madrugada deste sábado, 16, em Anápolis (GO) o adolescente V.F.V (12 anos de idade), filho do empresário Valdir Ferreira Vaz, de Novo Jardim (TO), que havia sido sequestrado no último dia 12 de abril, por volta das 12:50h, quando estava a caminho da escola. O adolescente foi arrebatado por homens até então ignorados na oportunidade.

No mesmo dia um dos acusados do sequestrado fez contato com o pai do adolescente às 18h45 anunciando o sequestro e exigindo o pagamento de resgate. Às 19:30h a Polícia Civil de Dianópolis foi acionada e imediatamente as investigações começaram.

Os Polícias Civis da 8ª Delegacia Regional de Polícia Civil (DRPC) de Dianópolis, Grupo de Operações Táticas Especiais (GOTE) e a diretoria de inteligência, em trabalho integrado, montaram o centro de comando de operações na sede da 8ª DRPC, gerenciando e concentrando todas as informações obtidas.

Com o avanço dos trabalhos, no dia 14, foi possível identificar que o cativeiro estava baseado na cidade de Anápolis (GO), momento em que, foi acionado o GAS (Grupo Anti-Sequestro do Estado de Goiás) e deslocadas equipes da Polícia Civil do Tocantins para ações integradas naquele Estado.

Ainda no dia 14, foi montado cerco e captura na região do cativeiro e supostas residências dos sequestradores.

Na madrugada deste sábado, como resultado dos trabalhos, o adolescente sequestrado foi resgatado pelos policiais civis e 04 (quatro) sequestradores foram presos.

Segundo informações da 8ª DRPC as diligências continuam e todos os envolvidos detidos até o momento foram encaminhados para o GAS de Goiânia.

Os acusados responderão pelo artigo 159, § 1º do Código Penal (Extorsão Mediante Sequestro). Foram autuados Éverson Alves Pedrosa, Húdson da Nobre Gomide, Euler Martins de Carvalho e um adolescente.