Cultura

Foto: Divulgação

A comédia brasileira “De pernas pro ar”, encenada pela atriz Ingrid Guimarães, já está em cartaz no Cine Cultura do Espaço Cultural José Gomes Sobrinho, com sessão às 19h.

O cinema funciona de terça a domingo, e o valor da entrada custa R$ 8,00 e R$ 4,00 para estudante, sendo que às quintas-feiras há a promoção “5ª popular”, em que todos apenas (R$ 4,00). Já a sessão das 21h, continua com a exibição do filme “As mães de Chico Xavier”.

De pernas pro ar

Alice (Ingrid Guimarães) é uma executiva de 30 e poucos anos, casada com o dedicado João (Bruno Garcia), mãe de um filho e muito bem-sucedida profissionalmente. É uma típica workaholic, que tenta se equilibrar entre a rotina de trabalho e a família. Sua história se cruza por acaso com a da estonteante vizinha Marcela (Maria Paula). Como nas típicas comédias de erros, Alice perde o emprego e o marido no mesmo dia. É aí que ela descobre, com ajuda da vizinha, que é possível ser uma profissional de sucesso sem deixar os prazeres da vida de lado. Alice decide ajudar a nova amiga a salvar seu negócio - um sex shop falido - e Marcela decide ajudar Alice a descobrir os prazeres dos sex toys. O filme discute com leveza e humor os deliciosos conflitos das mulheres modernas. (com informações do site http://cinema10.com.br/filme).

As Mães de Chico Xavier

“As Mães de Chico Xavier” é baseado em fatos reais e conta a história de três mães, vivendo momentos distintos de suas vidas e que veem suas realidades se transformarem repentinamente: Ruth (Via Negromonte), cujo filho jovem enfrenta problemas com drogas; Elisa (Vanessa Gerbelli), que tenta superar com o marido a perda do filho, o pequeno Theo (Gabriel Pontes); e Lara (Tainá Muller), uma professora que enfrenta o dilema de uma gravidez não planejada. Suas histórias se cruzam quando elas recebem conforto e reencontram a esperança de vida através do contato mantido com Chico Xavier. Na produção, Nelson Xavier revive o papel de Chico Xavier; Herson Capri interpreta Mário, marido de Ruth; Caio Blat vive um jornalista que quer investigar o médium; e Neuza Borges é a cuidadosa governanta que convive com o casal Elisa e Guilherme

Fonte: Assessoria de Imprensa/Fundação Cultural de Palmas