Polí­tica

Apicultores, piscicultores, cooperados, agricultores familiares, comunidades tradicionais, beneficiários de programas sociais, igrejas e governo estadual se reúnem nesta quarta-feira, 27 das 8 às 18 horas no auditório da Assembleia Legislativa para discutirem, na 2º Audiência Pública, a minuta do Projeto de Lei Estadual da Economia Solidária.

O projeto já havia sido apresentado durante uma audiência pública realizada no último dia 7 deste mês onde os empreendimentos puderam avaliar e inserir as suas propostas para que o projeto contemple todos os seguimentos inseridos na Economia Solidária.

“Agora, com o conhecimento de todos os empreendimentos a respeito da proposta da Lei Estadual, serão feitas as últimas alterações para então, podermos encaminhar para a o despacho do governador para votação na Assembleia Legislativa. Acredito que a Lei será contemplada, pois é resultado de uma ampla discussão juntamente com a população”, explica o secretário do Trabalho e da Assistência Social, Agimiro Costa.

Economia Solidária

A Economia Solidária vem se destacando no país como uma alternativa de geração de renda para a inclusão social, com iniciativas de organizações privadas, não-governamentais e do poder público. Dessa forma o Governo do Tocantins tem ações por meio da Secretaria do Trabalho e da Assistência Social com os projetos de fomento à Piscicultura, Apicultura, mini-fábricas de temperos, feiras de trocas, entre outras que ainda devem ser implantadas com a nova Política.

No Tocantins são 503 empreendimentos cadastrados, mas já existe uma proposta de um novo mapeamento para verificar os novos empreendimentos que foram abertos nos últimos anos.

Fonte: Assessoria de Imprensa