Educação

A servidora pública do Tocantins Aldenora Pereira Domingos, 56 anos, é um exemplo de vida, de perseverança e de como as escolas do Tocantins passaram por um processo de transformação ao longo dos anos. Conheça a história dessa mulher fascinante que deixa um legado importante, todos podem vencer na vida, basta confiar em si mesmo e lutar por uma vida melhor. A história de Aldenora foi destaque na revista baiana Kumbaya.

Aldenora nasceu no Maranhão, era criança quando seus pais mudaram para Ananás, no norte do Tocantins. Apesar dos pais serem analfabetos, fez questão de prezar pelo estudo da filha, mas quando estava na 8ª série deixou a escola para cuidar dos filhos.

Ela é mãe de seis filhos e é servidora pública há 16 anos, trabalha no Instituto Presbiteriano de Palmas, no setor de serviços gerais. De Ananás, veio se aventurar na Capital, onde concluiu o ensino médio por meio da EJA – Educação de Jovens e Adultos no Centro de Ensino Médio Tiradentes. Também teve a oportunidade de fazer os cursos do Profuncionário – multimeios didáticos e participou de oficinas sobre o meio ambiente.

Mas quando Aldenora era aluna do ensino fundamental, a escola era bem diferente dos dias de hoje, muitas vezes ela levava cadeira de casa para se sentar. E não tinha as regalias de hoje como a merenda, material didático, livros e computadores. Foram as dificuldades que a escola de antigamente apresentava que Aldenora aprendeu a ter mais responsabilidade com o que faz, ter mais zelo pelas carteiras da escola e pelos materiais didáticos.

“Tudo valeu a pena, cada batalha tem o seu valor”, frisou Aldenora, que tem como sonhos: vê os filhos graduados e terminar a construção de sua casa.

Revista Kumbaya

A revista Kumbaya é uma publicação da cidade de Luis Eduardo Magalhães, na Bahia, tem circulação mensal e na edição de março, trouxe como destaque três personagens do Tocantins: Edna da Silva Vila Nova, gestora da Escola Estadual São José, em Palmas; a tenente-coronel Alaídes Machado, que atuou como diretora do Colégio Militar e Aldenora. Confira a matéria na integra no site www.kumbayanews.com.br.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Seduc