Polí­tica

Foto: Koró Rocha

Em entrevista ao Conexão Tocantins na manhã desta quarta-feira, 27, o deputado estadual José Bonifácio (PR), líder de governo na Assembleia Legislativa do Tocantins, frisou que a bancada governista não articula o apoio de um parlamentar de oposição para o grupo do governador Siqueira Campos (PSDB). “A bancada de governo está com 12 e a oposição está com 12 (deputados). Está tudo empatado”, completou.

O deputado frisou ainda que este tipo de articulação não é papel primordial do líder do governo na Assembleia. “Este tipo de discussão é responsabilidade dos partidos”, destacou.

Contudo, mesmo afirmando não haver negociações em torno das mudanças na configuração parlamentar de governo e oposição, o líder de Siqueira na Casa informou que as coisas na Assembleia estão mudando. “Muitas coisas ainda podem mudar e estão mudando”, completou, sem entrar em maiores detalhes.

Falta de articulação

Ainda na sessão da última terça, as votações de regime de urgência de alguns requerimentos apresentados geraram uma divisão na bancada governista, o que levou o deputado Raimundo Palito (PP) a solicitar reunião fechada dos governistas. Na ocasião, o deputado Bonifácio, como líder de governo, havia solicitado aos seus pares que votassem contra as urgências, não sendo atendido por todos.

Ao contrário do que pareceu ontem, o deputado destacou que não existe desentendimento entre os deputados da base de Siqueira. O que houve, segundo o deputado, foi uma desarticulação da bancada. “O líder de governo testou a bancada. Ela está desarticulada”, completou.

Depois da reunião de ontem, no entanto, as coisas parecem que poderão se normalizar na base siqueirista. Bonifácio frisou que antes de votações polêmicas, os deputados da bancada governistas se reunirão e definirão os rumos dos votos. “Já conversamos com a bancada e quando houver votação, por entendimento prévio, a bancada vai se posicionar”, concluiu.