Saúde

Foto: Marcio Vieira Motos serão utilizadas em 68 municípios Motos serão utilizadas em 68 municípios

“Faremos tudo que estiver ao nosso alcance para levarmos ao povo o que lhe é de direito e o que ele merece”. Com estas palavras, o governador Siqueira Campos enfatizou o termo de concessão assinado na tarde desta sexta-feira, 29, em Palmas, cedendo 100 motos que estavam sem uso na Polícia Militar (PM), para serem usadas pelos agentes de combates a endemias em 68 municípios tocantinenses, em situação prioritária.

Segundo o governador, “o agente de vigilância é um agente de uma guerra sem quartel. Mas graças à transversalidade e ao espírito público com que tratamos os bens públicos, por sermos servidores públicos, vamos trabalhar em parceira com todos os municípios, independentes de partidos políticos”, afirmou.

Siqueira Campos ainda reforçou que o governo está trabalhando para resolver a situação de caos que tomou conta da saúde nos 139 municípios. “Estamos buscando as parceiras chamadas de misericórdias ou instituições sem fins lucrativos que entram para colaborar e não para ganhar dinheiro, de caráter religioso ou não, pessoas que efetivamente são prestantes, nós queremos fazer parcerias, porque isso permite facilitar uma saúde pública a altura do nosso povo”, acrescentou.

Segundo o comandante da PM, coronel Marielton Francisco dos Santos as motos não farão falta à polícia, porque foram adquiridas pelo governo anterior, “em quantidade excessiva, pois com as celindradas que possuem, só servem para serviços administrativos e estão se danificando no pátio do quartel”, informou.

O presidente da Associação Tocantinense de Municípios (ATM) e prefeito de Tocantínia, Manoel Silvino, parabenizou o governador Siqueira Campos pela iniciativa e ressaltou que a responsabilidade de cuidar da saúde é do poder público e da iniciativa privada também. “Não podemos pagar caro por um plano de saúde e ter que abarrotar os hospitais públicos com atendimentos que os planos não fornecem”, afirmou.

Fonte: Secom