Campo

Foto: Divulgação

Exposição de artesanato também será um atrativo da Agrotins 2011. Durante a maior feira de tecnologia agropecuária da Amazônia, um grupo de artesãos fará exposição de seus produtos aos visitantes. Essa participação está sendo coordenada pela Secretária Estadual da Cultura e atende uma demanda do secretário da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, que trabalha pela “transversalidade”, isto é, participação de diversos órgãos e secretarias na realização da Agrotins.

De acordo com Cintia Mara Zusse, diretora de Artesanato da Secretaria da Cultura, essa será uma oportunidade de expor diversos produtos produzidos por artesãos do Tocantins. “O Capim Dourado é o nosso carro chefe, mas existem outros produtos produzidos por nossos artesãos e que também precisam ter visibilidade”, afirmou a diretora de Artesanato.

Existe uma relação direta entre a produção artesanal do Tocantins e o setor produtivo, conforme explica Cintia. “O artesanato em nosso Estado é feito, em sua grande maioria, nos pequenos municípios ou em propriedades rurais e a matéria prima utilizada pelos artesãos vêm direto do campo, por isso é tão importante essa participação na Agrotins, que é uma feira voltada para o setor produtivo”, avaliou.

Para o secretário Jaime Café, os aspectos culturais “enriquecerão ainda mais a feira”. “Teremos uma agenda diversificada na Agrotins, com as atividades esportivas e exposição de artesanatos, tudo isso para envolver o maior número de pessoas na feira”, disse Café.

A Agrotins 2011 acontece entre 10 e14 de maio, no Centro Agrotecnológico de Palmas, e deve atrair cerca de 50 mil pessoas. A feira é promovida pelo Governo do Estado do Tocantins, por meio da Seagro e vinculadas (Adapec, Ruraltins e Itertins) em parceria com instituições públicas, iniciativa privada e entidades de classe ligadas ao setor produtivo.

Fonte: Assessoria de Imprensa/Agrotins