Campo

Foto: Divulgação

O maior evento de tecnologia agropecuária da Amazônia a 11ª Agrotins – Feira Tecnologia Agropecuária, que começa nesta terça-feira, 10, e prossegue até sábado, 14, no Centro Agrotecnólogico de Palmas, deve atrair aproximadamente 50 mil pessoas, entre visitantes do Tocantins e de outros Estados e gerar R$ 70 milhões em volume de negócios. A abertura oficial será na quarta-feira, 11, com a presença do governador Siqueira Campos.

Este ano, o tema da feira será “Agropecuária de Baixo Carbono”, que visa dar prioridade ao desenvolvimento sustentável da agricultura. Dentro da preocupação com o meio ambiente, a Agrotins mostrará aos produtores rurais do Tocantins a importância de investimentos na produção de biocombustíveis e energias renováveis. Durante os cinco dias haverá divulgação das ações de pesquisa, adaptação, validação e transferência de tecnologias do setor produtivo.

Aberta a toda a sociedade, o evento atrai principalmente produtores rurais, técnicos, pesquisadores, estudantes e empresários ligados ao agronegócio. Esta edição terá participação recorde de expositores, mais de 400, um aumento de cerca de 15% em relação ao ano passado. Entre os expositores estão fazendas, municípios tocantinenses, órgãos públicos da esfera federal, estadual e municipal, empresas de agroenergias, máquinas agrícolas e de construção civil, concessionárias de veículos, associações e instituições bancárias, entre outras.

De acordo com o secretário de Agricultura, Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Jaime Café, a expectativa é de uma Agrotins com atividades envolventes em 2011. “A nossa expectativa é envolver a todos para que possamos levar conhecimento tecnológico ao agronegócio”, enfatizou acrescentando que a bira é um evento de grande porte que vem para reforçar o setor.

Novidades

A Agrotins 2011 contará com muitas novidades, como a exposição de bovinos da raça japonesa wagyu e a raça brangus, formada pelo cruzamento das raças aberdeen agus e nelore. Serão 36 produtores tocantinenses expondo seus rebanhos bovinos, ovinos, caprinos e equinos. O intuito é mostrar o que existe de melhor, em termos de qualidade genética de rebanhos.

Durante a feira, também haverá julgamento de rebanho bovino da raça nelore, torneio leiteiro e o portal da pecuária, onde haverá uma estrutura para produção de leite pasteurizado e de seus derivados. Haverá ainda clínicas tecnológicas voltadas para o setor avícola, apicultura e aquicultura, oportunidade para os produtores aperfeiçoarem suas técnicas de criação.

As tecnologias inovadoras no ramo de máquinas e implementos agrícolas são apresentadas a cada ano na Agrotins, onde são expostas as tecnologias de ponta voltada para a sustentabilidade da produção no campo.

Aquicultura

O potencial da aquicultura e pesca do Tocantins será um dos destaques da Agrotins. Numa área de 1.000 metros quadrados, a subsecretaria de Aquicultura e Pesca, juntamente com seus parceiros, mostrará durante o evento aquários com pirarucus, tambaquis, caranhas, surubins e matrinxãs, tanques-rede, cozinha gastronômica com peixes produzidos em fazendas tocantinenses e escola-barco onde serão realizadas palestras e oficinas técnicas. As tendas serão montadas próximas ao lago, onde funcionarão os estandes da subsecretaria ligada à Seagro.

Baixo carbono

A Seagro é uma das gestoras no programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono, instituído pelo Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, em 2010. A iniciativa quer aliar produção de alimentos e bionergia com redução dos gases de efeito estufa. Uma das ações do grupo gestor no Estado é a realização do Seminário de Sensibilização do Plano ABC, que acontecerá na quarta-feira, dia 27, às 8 horas, no auditório da Fecomércio.

Energias limpas

A recém-criada Subsecretaria de Produção de Energias Limpas, da Seagro apresentará aos participantes da Agrotins as potencialidades de produção de energias renováveis do Tocantins. A feira contará com atividades voltadas à produção de energia solar, energia eólica, do biodiesel, da biomassa (a partir de matéria orgânica de origem animal e vegetal) e do etanol. Ao todo, serão apresentadas 19 tecnologias para a geração de energias limpas.

Agricultura Familiar

A Agricultura familiar ganha novos incentivos na 11ª edição da Agrotins. Ao todo devem participar mais de 30 mil agricultores nas diversas atividades agrícolas. A Seagro, por meio da Subsecretaria de Assentamentos e Pequenas Propriedades, em parceria com o Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins, vai mostrar aos pequenos agricultores as técnicas agrícolas voltadas para a sustentabilidade da produção e linhas de créditos do Pronaf – Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar.

A subsecretaria também vai mostrar como funciona o acesso ao Crédito Fundiário, coordenado pela Secretaria de Reordenamento Agrário do Ministério do Desenvolvimento Agrário, em parceria com outros parceiros na aquisição da terra, infraestrutura básicas (casa, luz, água) e investimentos produtivos, como a preparação do solo, compra de implementos, acompanhamento técnico para que o agricultor possa se desenvolver de forma independente e autônoma.

A Agrotins é promovida pelo Governo do Estado do Tocantins, por meio da Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, e suas vinculadas (Adapec, Ruraltins e Itertins) e conta com a parceria de instituições públicas, da iniciativa privada e de entidades de classe ligadas ao setor produtivo.

Fonte: Assessoria de Imprensa/ Agrotins