Campo

Foto: Marcio Vieira Segundo Ítalo a intenção é também desenvolver na região a produção de peixe em tanque em rede Segundo Ítalo a intenção é também desenvolver na região a produção de peixe em tanque em rede

O Assessor de Unidades Descentralizadas de Apoio aos Perímetros Irrigados do Estado do Tocantins, Ítalo Marcel Costa Conceição, nomeado nesta terça-feira, 10, para integrar a equipe do Governo do Estado com a finalidade de auxiliar os produtores do Projeto Manoel Alves e também fiscalizar o desenvolvimento do mesmo afirmou que projeto é a redenção da região “e nossa intenção é fortalecê-lo para que ele possa gerar ainda mais empregos e renda para o nosso povo”, disse.

De acordo com Ítalo, que é ex-vice-prefeito de Dianópolis onde o Projeto está localizado, entre suas principais metas está a legalização dos lotes, infraestrutura e o auxílio aos produtores. “Nossa intenção é primeiramente legalizar todos os lotes, entregando os títulos aos produtores e também fazer a infraestrutura dos mesmos, com energia e limpeza, para que eles possam trabalhar. Também queremos dar um maior auxílio ao produtor, sendo uma ponte entre ele, os bancos e empresas interessadas na exportação. A partir de agora o Projeto vai ter a presença do Estado”, afirmou o assessor.

Ainda segundo Ítalo a intenção é também desenvolver na região a produção de peixe em tanque em rede. “Essa é outra meta nossa. Fazer o tanque em rede para que a produção de peixes também possa ser iniciada”, frisou o assessor que também destacou sua expectativa com o Projeto que hoje gera cerca de 2.000 empregos diretos e indiretos.

“Estou muito confiante. É uma oportunidade para nós que somos da região e queremos ver esse projeto dando muitos resultados. Esse Projeto é a redenção para nossa região.Vamos nos empenhar ao máximo para que esse número de empregos aumente muito mais”, afirmou o Ítalo, que também destacou que hoje as famílias beneficiadas pelo Projeto chegam a ter uma renda de R$ 4.700 por mês. “Nossa expectativa é que mais pessoas possam ter essa renda”, ressaltou.

Gestão integrada

Ainda de acordo com o assessor a intenção é fazer uma gestão do Manoel Alves integrada entre as pasta do Governo. “Queremos envolver todos os órgãos, conforme já determinou o governador, queremos trabalhar com a transversalidade. Deste modo vamos ter atenção com a área ambiental, de gestão e também com a social”, concluiu o assessor.

Manuel Alves

O Projeto que está localizado junto a barragem da Bacia do Rio Manoel Alves em Dianópolis abrange 10 municípios do Estado, sendo eles: Conceição do Tocantins, Paranã, Taipas, Porto Alegre do Tocantins, Taguatinga, Dianópolis, Santa Rosa, Natividade, Rio da Conceição e São Valério. Entre as principais culturas produzidas no Projeto, que são rotativas, estão a melancia, a banana, a mandioca, o milho e o abacaxi. O Manoel Alves abrange cerca de 6 mil hectares de área destinada à irrigação.

Fonte: Secom