Estado

Foto: Divulgação

Depois de informar ontem, terça-feira, 24, por meio de nota oficial que no último final de semana prolongado foram furtados 210 processos de lotes comerciais na Secretaria Estadual da Habitação, o governo volta atrás e afirma que os processos dados como desaparecidos foram “solicitados pela Codetins, em sigilo, para análise e averiguação de supostas irregularidades”.

Segundo a nota distribuída à imprensa, a servidora que detectou a ausência dos 210 processos não tinha conhecimento da tramitação sigilosa. Confira abaixo a nota na íntegra.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

O Governo do Estado do Tocantins, por meio da Secretaria da Habitação, agradece a imprensa por prontamente atender à divulgação das informações sobre o possível desaparecimento de processos administrativos de regularização fundiária da Pasta.

O trabalho da Secretaria da Habitação e da Codetins nesta gestão é pautado pela preocupação e compromisso com a transparência de seus atos, por isso foi a público denunciar o provável desaparecimento de processos, que pela celeridade do trabalho dos dois Órgãos, vários desses processos tramitam em sigilo, sem o conhecimento de alguns servidores.

Justamente, os processos dados como desaparecidos foram solicitados pela Codetins, em sigilo, para análise e averiguação de supostas irregularidades. E a servidora que detectou a ausência dos 210 processos não tinha conhecimento da tramitação sigilosa.

Portanto, os mesmos se encontram em poder da Codetins em lugar seguro para averiguações e, se necessário, revisões.

Secretaria da Habitação