Palmas

Foto: Divulgação

Técnicos da Secretaria da Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sehab) estiveram reunidos nessa terça-feira, 17, com representantes da Associação de Moradores da Quadra 1.303 Sul (Asmosul) para discutir sobre o projeto de mobilidade e acessibilidade urbana da quadra. O objetivo foi ouvir as opiniões dos representantes para a construção de um projeto final que atenda as demandas e necessidades dos moradores.

O projeto prevê melhorias públicas como pista de cooper, ciclovia, calçamento, praça, academia comunitária, mobiliário urbano, reflorestamento, dentre outros equipamentos públicos. “Já temos uma emenda de R$ 500 mil da deputada federal Dulce Miranda que vamos utilizar para a construção da praça e vamos buscar recursos em outras fontes como o Fundo de Apoio a Moradia Popular, Desenvolvimento Urbano e Preservação Ambiental. Essa vai ser a primeira quadra de Palmas com o um projeto de mobilidade e acessibilidade totalmente implantado pelo Estado”, ressaltou Jorge Mendes, subsecretário da Sehab.

Para Rogério Lopes, presidente da Asmosul, a proposta vem de encontro aos anseios dos moradores da 1.303 Sul. “A secretaria já havia apresentado um pré-projeto macro da quadra e ficamos bem satisfeitos com ele.Hoje nós discutimos mais alguns detalhes sobre o recurso para o projeto e algumas alterações para a inclusão de uma praça que serão discutidas com a comunidade”, comentou.

O foco principal do projeto é promover a qualidade de vida dos moradores, diminuindo a marginalização na quadra. Os equipamentos urbanos vão promover uma socialização, através de espaços de convivência, entre eles próprios e com moradores das quadras vizinhas. Através do projeto de mobilidade e acessibilidade urbana, a Sehab busca propiciar mais um benefício à população que já foi contemplada com 654 unidades habitacionais, infraestrutura e iluminação pública da quadra.