Palmas

O vereador Folha (PTN), membro do Conselho Municipal de Trânsito, apresentou na sessão desta quarta-feira, 25, pesquisa, realizada nos terminais da cidade, com 403 usuários do transporte coletivo.

Os dados, segundo o parlamentar, mostra que a insatisfação da população está na quantidade de ônibus e linhas, que causam super lotação, desconforto, atraso e insegurança para os usuários.

“Para atender com qualidade é necessário que aumente a frota e o número de linhas, para isto, o sistema de trânsito apresentou documentos com a solicitação de mais 25 ônibus e um acréscimo de 92 linhas”, disse Folha.

Os parlamentares irão se reunir, até a próxima segunda-feira, para avaliar todos os documentos sobre o aumento do transporte coletivo e dos benefícios para os usuários. A votação do conselho para a definição do aumento da tarifa, provavelmente, será realizada em junho.

O vereador Fernando Rezende (DEM) apresentou requerimento solicitando ao Conselho Municipal de Trânsito a elaboração de proposta de Lei que oriente o Poder Executivo Municipal e Estadual a subsidiar eventuais isenções de passagens do transporte coletivo em Palmas.

De acordo com rezende, é preciso que o assunto seja aprofundado, “é importante que se discuta a gratuidade de passagem concedida aos estudantes, idosos, militares entre outras classes beneficiadas, o custo não pode ficar para os outros usuários”. A sugestão do vereador é que o poder público subsidie estes valores, como ocorre em outros municípios do país, assim, podendo manter a tarifa do transporte coletivo em valores mais baixos para toda população.

Fonte: Ascom Câmara de Palmas