Educação

Foto: Manoel Lima

Cerca de 40 agentes de tecnologia das 13 Diretorias Regionais de Ensino (DREs) do Tocantins iniciaram, na tarde desta segunda-feira, 30, o I Encontro de Formação para Professores Formadores dos Núcleos de Tecnologia da Educação (NTE) e Representantes Regionais de Informação e Tecnologias da Educação, que se estende até a próxima sexta, 3 de junho. O curso ocorre no auditório da Diretoria da Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

De acordo com a coordenadora de tecnologias aplicadas à Educação da Seduc, Leila Ramos, este evento possibilita a reunião entre os agentes pedagogos de tecnologia e os formadores de NTE das DREs do Estado, promovendo o aprimoramento de todos eles, com foco no ensino à distância. “O Encontro se propõe, essencialmente, a promover a formação continuada destes agentes, principalmente no que se refere à tutoria em Educação à Distância (EAD). Além de passarmos a sistemática desta metodologia, vamos oferecer oficinas sobre os ambientes virtuais de aprendizagem, tanto na plataforma E-Proinfo, de parceria entre o Ministério da Educação (MEC) e a Seduc, e a Moodle, que é uma novidade somente nossa e que será, em breve, aplicada em todo o Estado. Todos sairão daqui aptos a desenvolverem um trabalho de qualidade no que diz respeito à utilização destas tecnologias nas redes estaduais tocantinenses de ensino”, destaca Leila Ramos.

Diálogo entre os agentes

Para a professora formadora do NTE da DRE de Porto Nacional, Elisângela dos Santos Menezes, além da importância do aprendizado, outro ponto favorável do Encontro é a convivência que todos terão durante as reuniões, que aproximará os agentes, facilitando o diálogo entre eles. “Durante o curso, vamos todos passar por capacitações, atualizações e contextualizações sobre a atual vigência das tecnologias aplicadas pelas redes de ensino do Estado, o que já é ótimo. Entretanto, um dos méritos das reuniões é que podemos aprender sobre o trabalho dos outros colegas, o que nos leva a entender a demanda de cada um, otimizando, assim, a própria busca por melhorias nas práticas educacionais”, exalta a professora.

Segundo a assessora pedagoga de tecnologia da DRE de Palmas, Andiara Gomes de Sousa, apesar de nova, a função que exerce é fundamental para que os docentes e os técnicos possam otimizar, juntos, a utilização dos instrumentos que têm em prol da Educação no Tocantins. “A noção do que realiza um assessor pedagogo ainda é bastante nova, e está sendo implantada para que possamos intermediar a relação entre os docentes e os técnicos da área tecnológica. Basicamente, nós auxiliamos os professores no entendimento e na aplicabilidade das tecnologias como ferramentas didáticas e metodológicas da pedagogia, integrando o aparato técnico à prática de ensino-aprendizagem. A partir destes dias de encontros, poderemos aprender uns sobre as funções dos outros, e, principalmente, como poderemos caminhar juntos na busca por uma Educação melhor para todos”, afirmou Andiara Sousa.

Fonte: Assessoria de Imprensa Seduc