Campo

Foto: Divulgação

As exposições agropecuárias realizadas nos municípios tocantinenses confirmam o potencial para o avanço do agronegócio. Essa vocação foi confirmada na abertura da exposição agropecuária de Guaraí, na noite desta quarta-feira, 1º de junho, região central do Estado. Segundo informações da organização do evento, a meta para este ano é aumentar em torno de 90% as negociações, um volume de R$ 8 milhões ultrapassando R$ 1 milhão de volume gerado na exposição passada.

O governo do Estado, por meio da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, apoia, incentivando os agropecuaristas nas exposições. O superintendente de irrigação da Seagro, Vilmar José Fortuna, representando o secretário da Agricultura, Jaime Café, explica que “essa expectativa animadora é fruto da parceria do governo com os produtores”. Fortuna acrescenta ainda que esse segmento é de fundamental importância para a economia do Estado, pois o agronegócio é instrumento de geração de emprego e renda no campo.

O presidente do sindicato rural de Guaraí, Genésio Ferneda, esclarece que esse impulso na agricultura e pecuária é decorrente de fatores primordiais como: a vocação nata do Estado para este setor e o preço das cotações que estão em alta favorecendo as negociações do mercado. “Principalmente os produtos da carne, soja, milho e arroz. E a tendência é crescer cada vez mais no Tocantins”, argumentou.

Negócios

O produtor Vicente Severino do município de Pequizeiro é um dos empolgados com a comercialização. Criador de gado bovino reprodutor há muitos anos na região, ele espera bons negócios. “Sempre acreditei neste ramo de negócios. Estou expondo 49 animais e acredito que o pecuarista tocantinense está investindo mais na melhoria genética do seu rebanho, e assim, o gado passa a ganhar peso e qualidade para o mercado consumidor”, enfatizou.

A empresa Jonh Deere, do ramo de implementos e máquinas agrícolas acredita no momento de vendas em alta. A gerente da empresa Cristiane Gehlen afirmou que até a noite desta quarta-feira foram fechados em torno de sete negócios, sendo cinco tratores e duas colheitadeiras. “Estamos também firmando algumas vendas futuras”, destacou.

Estiveram também presentes na abertura da exposição o vice-governador, João Oliveira, representando o governador Siqueira Campos, o presidente do Ruraltins, Olímpio Mascarenhas, autoridades políticas, pecuaristas e a comunidade em geral.

Fonte: Ascom Seagro