Esporte

Foto: Divulgação

Na noite desta quarta-feira, 1º de junho, o Ginásio de Esportes Ercílio Bezerra de Castro, em Paraíso do Tocantins recebeu centenas de estudantes que tomaram conta das arquibancadas. Na quadra, outras centenas representavam as 29 escolas, dos municípios de Abreulândia, Araguacema, Barrolândia, Caseara, Cristalândia, Divinópolis, Lagoa da Confusão, Marianópolis, Nova Rosalândia, Paraíso do Tocantins, Pium e Pugmil, que participam desta fase regional dos Jets – os Jogos Estudantis do Tocantins.

Na cerimônia de abertura o que se viu foi uma prova de que o esporte e a educação são fatores determinantes de integração e de intercâmbio, de trabalho em equipe e de respeito ao próximo. Uma experiência que todos os alunos vão levar consigo. “Eu estou aprendendo muita coisa. É a primeira vez que eu viajo sem meus pais. Estou gostando muito, conhecendo muita gente e fazendo muitos amigos“, contou o estudante de Cristalândia, do Colégio Estadual Pedro Xavier Teixeira, Gabriel Barbosa.

Outros estudantes percorreram ainda mais para participar, quase 24 horas de viagem. Para chegar até Paraíso, a delegação da Escola Estadual Indígena Kumanã, da Aldeia Fontoura, na Ilha do Bananal, teve que atravessar o Rio Araguaia, passar pelo Mato Grosso e percorrer mais de 800 quilômetros de estrada. Mas quem pensou em cansaço? A bagagem veio recheada de muita força de vontade e amor pelo esporte. Nem mesmo a barreira da língua, serviu de impedimento. “É muito bom para os nossos jovens. A maioria deles nunca saiu da aldeia, eles também não falam português. Ter contato com uma cultura diferente da deles é uma oportunidade incrível de intercâmbio. É a primeira vez que a gente participa, mas agora queremos estar aqui sempre. Temos também muito a ensinar, da cultura que trazemos do nosso povo”, contou o diretor da escola, Rogério Tewaxure Karajá.

Durante a abertura, eles apresentaram a “Uritxi” ou Dança do Mutum, que representa o espírito da festa do “Hetohoky”, a principal celebração da etnia. Também deram uma demonstração da prova do cabo de força. Até domingo, os 22 estudantes competem nas modalidades de futsal, natação e corrida.

No total 448 atletas participam com equipes masculinas e femininas. Além de futsal, natação e atletismo, tem handebol, voleibol, basquetebol, tênis de mesa e xadrez, “eu já participei dos Jets, como atleta de futsal, e sei desse momento de tensão que vocês estão passando agora, no início do campeonato. Mas é importante que vocês saibam que o mais importante não é vencer, é competir”, explicou aos alunos o secretário executivo da Seduc, Ricardo Teixeira Marinho.

“Tenho certeza que daqui sairão vários representantes tocantinenses nos jogos olímpicos de 2016”, afirmou o secretário de Juventude e Esportes, Olintho Garcia Neto.

A diretora regional de ensino de Paraíso, Meyrivane Teixeira Santos Arraes disse que, da mesma forma que para os estudantes é um prazer participar dos jogos, para os envolvidos com Educação também o é “porque sabemos que por meio do esporte muitas mudanças acontecem: mudanças no processo de ensino aprendizagem e também no processo de cidadania. Estamos muito felizes de receber esses alunos”, concluiu.

A próxima fase regional do Jets, na categoria de 12 a 14 anos, acontece em Araguaína, no dia 09 de junho.

Fonte: Ascom Seduc