Estado

Foto: Divulgação

O jornalista e doutor em Ciências Políticas, Leonardo Sakamoto, repercutiu em seu Blog a indicação do ex-deputado e presidente do Itertins, Onofre Marques, para a Superintendência da Funasa no Tocantins depois que o Conexão Tocantins divulgou que o nome do ex-deputado consta na lista suja do trabalho escravo.

O nome de Onofre está na lista desde dezembro do ano passado em razão da libertação de dez trabalhadores da Fazenda Água Roxa em Ananás mas mesmo assim ele foi indicado pela bancada estadual do PMDB para ocupar o cargo.

Segundo o Blog, Onofre chegou até a fazer tentativas para que seu nome não fosse incluído na lista suja.

Sakamoto afirma ainda em seu Blog que no ano passado a presidente Dilma Rousseff e alguns candidatos a governadores assinaram uma Carta-Compromisso contra o Trabalho Escravo, prometendo exonerar de cargos públicos qualquer pessoa que tenha se beneficiado de trabalho-escravo. O governador Siqueira Campos (PSDB) não assinou tal carta segundo o Blog.

Veja na íntegra a repercussão realizada pelo Blog sobre o assunto: