Estado

A indicação do conselheiro aposentado do Tribunal de Contas do Estado, José Jamil Fernandes para o cargo de secretário da Fazenda do Estado no lugar de Sandro Rogério Ferreira aproxima o atual governo do órgão.

Jamil já presidiu o órgão por dois biênios e integrou a corte desde março de 1995 quando foi indicado pelo governador Siqueira Campos (PSDB).

Em recente solenidade quando foi homenageado no TCE em razão de sua aposentadoria compulsória Jamil chegou a afirmar que será “eternamente grato” ao governador pela oportunidade de compor o órgão.

Capacidade técnica

O governo demonstrou satisfação com relação ao trabalho desenvolvido por Sandro Rogério e a saída dele foi justificada por motivos pessoais. O secretário que deixa a pasta foi elogiado várias vezes por sua habilidade técnica quesito que não vai faltar a Jamil.

JoséJamil possui uma longa formação acadêmica. Graduado em Economia pela Universidade Católica de Goiás, é especialista em Bancos de Desenvolvimento e mestre em Economia pela USP.

Em junho de 2010, concluiu o curso de doutorado em Desenvolvimento Sustentável, sendo qualificado doutor pela Universidade Federal do Pará. No Tribunal de Contas ele participou ativamente da implantação do Promoex – Programa de Modernização do Sistema de Controle Externo dos Estados e Municípios Brasileiros.

Por: Redação

Tags: José Jamil, Tribunal de Contas