Estado

Em parceria com a empresa norte-americana HP, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) lança na próxima segunda-feira, 27 de junho, o Programa de Inclusão Digital para Empreendedores no município de Araguaina, no Tocantins. O objetivo é treinar empresários potenciais e donos de micro e pequenas empresas para utilizar a informática na ampliação dos seus negócios.

O programa foi possível porque a Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial (UNIDO), vinculada à ONU - Organização das Nações Unidas, escolheu o SENAI como operador do programa HP Life no Brasil, uma iniciativa de responsabilidade social da HP em parceria com a UNIDO, executada na África e no Oriente Médio e estendida agora ao país. O SENAI implantará quatro laboratórios de informática no Tocantins, Maranhão, Piauí e Rondônia, com 25 computadores e dois laptops cada um.

Os laboratórios irão oferecer cursos de qualificação para quem quer abrir um pequeno negócio ou para quem já é microempresário e quer modernizar a gestão da sua empresa. O pacote tecnológico inclui ainda US$ 65 mil para instalação dos laboratórios e capacitação dos monitores.

Pelo acordo firmado com a UNIDO e a HP, cada laboratório irá oferecer, inicialmente, quatro cursos de 160 horas/ano para turmas de 25 alunos, com possibilidade de ampliação conforme o comportamento da demanda no Maranhão, Piauí, Rondônia e Tocantins. As matrículas serão feitas pelos departamentos regionais do SENAI nos quatro estados.

O gerente-executivo da Unidade de Relações Internacionais do SENAI, Frederico Lamego, explica que a instituição foi escolhida para executar o programa no país por operar o maior sistema de educação profissional da América Latina e um dos maiores do mundo.

“Fomentar o desenvolvimento social dos países em que a HP está presente, principalmente nas regiões onde o acesso à tecnologia não é tão fácil, é algo que está em seu DNA e o programa HP Life tem justamente esse objetivo. Para se ter uma ideia, somente em 2010 atingimos 500 mil pessoas em mais de 300 centros de treinamentos localizados em 47 países. Nossa meta até 2012 é atingir a marca de 1 milhão de estudantes”, afirma Tarsila Arnone, responsável pela área social da HP.

Lamedo anunciou que o SENAI vai negociar com a UNIDO a extensão do HP Life a outros estados em 2012, de modo a ampliar e diversificar a oferta de cursos de capacitação profissional.

Da Redação com informações da Fieto

Por: Redação

Tags: Fieto, Frederico Lamego, Senai