Polí­cia

Foto: Toc Noticias

Cumprindo mandado de busca na residência da prefeita de Luzinópolis, Carla Cristina da Silva – conhecida como Carla do Luzmar (PSDB) -, as polícias Civis e Militares sob comando do delegado Afonso José Azevedo de Lyra Filho da comarca de Ananás, apreenderam um dos maiores arsenais de armas juntos já encontrados nessa região do Bico do Papagaio.

O mandado de busca foi expedido pelo Juiz de direito de Tocantinópolis, Nilson Afonso da Silva, atendendo a representação do Ministério Público Estadual. Na ação foram feitas diligências em quatro residências do casal, sendo que das armas apreendidas somente duas não estavam na casa de morada, e foram encontradas na chácara de propriedade da prefeita, com um caseiro de nome Adailton vulgo “Batatinha”, que não esboçou qualquer reação e foi enquadrado no art. 12 do Estatuto do desarmamento (Pena: Detenção, de um a três anos de reclusão e multa.

Para Adailton foi especificada uma fiança no valor de 10 salários mínimos R$ 5.450,00 (Cinco Mil Quatrocentos e Cinquenta Reais), e nesta situação o casal também será enquadrado na mesma lei, mas, provavelmente livram-se da multa por não estarem presentes na ocasião da busca.

Luzmar Franco (Secretário de Administração), marido da prefeita está em viagem com a mesma e não foram encontrados no local.

Na operação foram apreendidas dentro do guarda roupa do casal um revolver e uma espingarda e o restante das armas estavam espalhadas em lugares específicos da casa e duas outras foram encontradas na chácara. Dentre elas estavam;

01 Espingarda Calibre 32;

01 Espingarda Calibre 12 normal;

01 Espingarda Calibre 12 Cano Duplo;

01 Espingarda Calibre 20;

01 Pistola Calibre .380 com 02 carregadores;

01 Revolver Calibre 38 Especial;

01 Revolver Calibre 38 simples;

01 Revolver Calibre 44;

02 canivetes Inox;

01 Caneta espiã Jupter JP 0074;

01 Fundo de Coronha;

01 coldre para revolver;

Munições:

137 Cartuchos Calibre 12;

23 Balas calibre 38;

03 Balas Calibre 38 deflagrados;

03 Cartuchos Calibre 38 deflagrados.

02 frascos de pólvora;

147 Balas calibre .380;

91 Balas Calibre 22

06 Balas Calibre 44 Pratas Explosivas;

54 cartuchos variados;

39 Cartuchos Calibre 12 deflagrados;

01 munição de Fuzil Super.

As armas e as munições encontradas estão na delegacia de Tocantinópolis onde deverão passar por perícia.

O casal vem sendo alvo de investigação através do Ministério Público Estadual (MPE) que ajuizou no último dia 16, ação de improbidade administrativa contra a prefeita. Os promotores de Justiça, Caleb Melo e Leonardo Olhê Blanck alegam que a prefeita desobedeceu os princípios da administração pública de dar publicidade aos atos, ao negar informações sobre as prestações de contas da prefeitura, referentes ao ano de 2009, balancetes de 2009/2010, cópias de procedimentos licitatórios diversos, comprovantes de receitas e despesas de convênio, dentre outros.

Fonte: Portal Arnaldo Filho