Polí­tica

Foto: Divulgação

Em entrevista concedida antes da cerimônia de posse do ex-secretário estadual da Juventude e Esportes, Ricardo Ayres (PMDB), que irá assumir a cadeira do deputado licenciado Manoel Queiroz (PPS), o ex-governador Marcelo Miranda (PMDB) comentou sobre a situação do PMDB no Estado e suas movimentações visando as eleições municipais do ano que vem.

Assim como em ocasiões anteriores, o ex-governador voltou a destacar que não está parado, mesmo afastado do cenário político eleitoral até 2014, por conta de sua cassação do governo, em 2009. Miranda destacou que continua percorrendo os municípios em busca de projetos que possa apoiar, tanto em Palmas, quanto no interior do Estado. “Eu volto a afirmar que continuo visitando os municípios e recebendo os líderes políticos de Palmas e do interior que tenham projetos e vontade de discutir”, disse.

O ex-governador ainda frisou que com o início das definições de nomes para concorrer no pleito do ano que vem, as coisas começarão a clarear.

Eleições no PMDB

Já sobre a situação da comissão provisória do PMDB, que atualmente é presidida pelo deputado federal Junior Coimbra, Miranda destacou que sua atuação tem sido no sentido de dar total apoio ao atual presidente, mesmo nas eleições do diretório que deve ser formado ainda este ano. “Eu trabalho com uma chapa de consenso com o nosso deputado”, frisou.

Contudo, mesmo destacando apoio ao atual presidente, Marcelo Miranda não descarta a possibilidade de disputar um cargo de liderança no partido. De acordo com ele, o fato de estar afastado de questões mandatárias contribui para que ele tenha mais tempo de lidar com os assuntos do partido. “Não somente pelo PMDB, mas também nossas alianças com outros partidos”, completou.