Polí­tica

Foto: Divulgação

Durante a sessão da tarde desta quarta-feira, 6, o deputado José Bonifácio (PR), líder de governo na Assembleia Legislativa defendeu seu pedido de vistas nas matérias que tratam da criação de cargos de jornalista para as entidades públicas do Estado e a ampliação da Lei conhecida como Ficha Limpa para os mesmos órgãos. O primeiro é de autoria da deputada Solange Duailibe (PT) e o segundo do deputado Marcelo Lelis (PV).

De acordo com o deputado, como parlamentar, ele tem todo o direito de fazer o pedido em matérias que considere dúbias que,segundo ele, seria o caso das matérias apresentadas nesta manhã. “Eu, como deputado tenho o direito de pedir vistas em matérias que eu precise estudar mais profundamente”, disse.

Ainda na tentativa de justificar suas vistas, uma vez que estava sendo atacado pelos autores dos projetos, o sempre polêmico Bonifácio virou sua artilharia para outros colegas de parlamento. “Se esse projeto fosse aprovado, eu não poderia ser secretário de estado, o deputado Stálin Bucar não poderia ser secretário de estado, o deputado Raimundo Palito não poderia ser secretário de estado”, atacou.

O deputado ainda pediu para que os demais parlamentares precisam analisar com mais calma os projetos antes de levarem as matérias para votação no plenário. “Esta casa tem que parar de tratar esses assuntos com pressa”, disse.