Economia

Foto: Divulgação

O Sistema Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (Fieto) lançou na tarde dessa quarta-feira, 06, o Projeto Custos e Resultados, um programa desenvolvido pelo Sistema Indústria nacional, que tem como objetivo dar ainda mais transparência ao uso dos recursos. A abertura do evento foi feita pela diretora regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - Senai/ Tocantins, Raimunda Tavares, e o diretor corporativo e coordenador do Projeto, Aurivan de Castro.

Elaborado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), o projeto é desenvolvido desde 2006 e está agora em sua fase de implantação. O responsável por esta implantação no Tocantins e consultor da empresa KPMG Auditores Externos Independentes, Sérgio Santos, falou sobre o projeto. “O grande objetivo é a padronização nacional dos custos em todos os departamentos regionais e principalmente para atender uma série de demandas de transparência que vem tanto da sociedade como dos próprios órgãos fiscalizadores”, disse.

Sérgio Santos também explicou que o projeto surgiu como uma resposta ao desafio de tornar mais eficiente a gestão dos recursos e que após a implantação de um processo padronizado de apuração e comunicação dos custos e resultados, em âmbito nacional, os resultados serão maiores.

O coordenador do projeto, Aurivan de Castro, enfatizou a importância desse processo ser padronizado. “Com as reais informações advindas dessa apuração poderá ser verificado se determinado produto é rentável ou não”, relatou. Nos próximos dois meses, a equipe central do Projeto de Custos e Resultados, formados por técnicos da Confederação Nacional da Indústria - CNI e da KPMG e a equipe regional do Tocantins, formada por representantes das entidades do Sistema Fieto, dará continuidade ao processo de implantação no âmbito local.

Também participaram da reunião, que aconteceu na sede do Sistema Fieto, em Palmas, o gerente do Serviço Social da Indústria do Tocantins – Sesi -TO, Edson Cabral, a gerente executiva do Sesi Palmas, Rosilene Jaber, a superintendente do Instituto Euvaldo Lodi Tocantins – IEL/TO, Roseli Sarmento, colaboradores, diretores e gerentes do sistema Fieto.

Fonte: Assessoria de Imprensa Fieto