Saúde

Foto: Walquerley Ribeiro

A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) promove mutirão de prevenção e combate a dengue e ao calazar, nesta sexta-feira, dia 15 de julho, a partir das 08 horas, no Setor Água Fria, pequeno bairro situado no extremo norte da Capital.

Durante o mutirão, equipes de combate a dengue do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) farão inspeção nos 120 imóveis do setor, em busca de depósitos de água parada para remover criadouros do mosquito da dengue.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Serviços Públicos (SEMASP), parceira do mutirão, enviará uma equipe de agentes de limpeza para a palitação de áreas públicas. A palitação consiste na retirada de pequenos depósitos móveis de água jogados em áreas públicas. Voluntários da Associação de Moradores e equipe de Saúde da Família da quadra também são parceiros do mutirão.

Às 10 horas, enquanto o mutirão se desenvolve, uma palestra educativa para os moradores será ministrada com instruções sobre como adequar os imóveis a fim de evitar os agravos mais encontrados pelas equipes do CCZ no setor.

Fiscalização

Fiscais da Vigilância Sanitária (Visa/Palmas) e de Obras e Postura estarão no mutirão para notificar e orientar proprietários de imóveis que apresentem condições favoráveis ao desenvolvimento dos mosquitos transmissores da dengue e do calazar, como galinheiros em más condições de higiene, fontes de água sem escoamento adequado e fossas a céu aberto.

Recomendações

Verificar obstruções nas calhas, vasos de plantas e reservatórios de água na parte traseira das geladeiras são algumas atitudes simples que podem evitar que o mosquito da dengue encontre ambientes propícios a postura de ovos.

"Para aqueles que vão deixar o imóvel no período de férias, também é importante conferir a vedação de caixas d'água e ralos, manter a tampa do vaso sanitário fechada e colocar areia em vasos de plantas", explica Cláudio Gilberto Garcia, diretor de Vigilância em Saúde.

Fonte: Assessoria de Imprensa Semus