Cultura

Foto: Divulgação

O cantor, compositor e jornalista paraibano Chico César é a atração da Concha Acústica, na Flit - Feira Literária Internacional do Tocantins – nesta segunda-feira, 1° de agosto, às 22h30. O músico cantará os grandes sucessos de sua carreira e, também, canções de artistas renomados.

A diversidade de ritmos e sonoridades é uma das características do cantor, como o xote com o reggae e o frevo e o arrasta-pé com o ska.

Músicas românticas que ficaram conhecidas em sua voz e de outros interpretes, também, fazem parte do repertório do artista, como “Onde estará o meu Amor”, “Templo”, “À Primeira Vista” e “Pensar em Você”, bom momento para curtir o show juntinho ou pensar em alguém que esteja longe.

Biografia

O paraibano Francisco César Gonçalves nasceu em 26 de janeiro de 1964, em Catolé do Rocha, município do sertão. Filho de brincantes da cultura popular descobriu a música ainda na infância, ao participar de cocos de roda e bois de reisado. Em 1978, criou o grupo Ferradura, no qual compôs as primeiras músicas e participou de festivais nas cidades de Sousa, Patos, Cajazeiras e Pombal.

Na Universidade Federal da Paraíba, descobriu a poesia concreta, o cinema novo, os ideais comunistas, a música do mundo e o dodecafonismo. E começou a experimentar linguagens.

Em 1985 mudou-se para São Paulo, onde atuou como jornalista e exerceu outras atividades em jornais e revistas paulistas. No início da década de 1990 participou de festivais e passou a fazer pequenos shows em teatros da cidade. Após uma série de apresentações na Europa decidiu dedicar-se integralmente ao trabalho artístico.

Atualmente, Chico Cesar concilia a carreira de artista com a função de secretário de Estado da Cultura da Paraíba. (Ascom Flit)