Campo

Foto: Divulgação

No momento em que o país inteiro se mobiliza para elaboração de propostas que promovam o bem estar social de 16 milhões de pessoas que vivem em condições de extrema pobreza, o Governo do Estado por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), vinculado a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Agrário (Seagro), dá um passo importante em prol da melhoria da qualidade de vida das famílias carentes .

Numa parceira com o Programa Mesa Brasil do SESC, o Ruraltins, lança o Projeto Partilhar, que tem como objetivo arrecadar alimentos excedentes e distribuí-los ás comunidades que se encontram em vulnerabilidade alimentar no campo.

Nesta terça-feira (09 de agosto) aconteceu a primeira ação do projeto, quando cem famílias dos Assentamentos PA Veredão e PA Sítio, localizados próximos ao Distrito de Taquaruçu, a cerca de 40 km de Palmas, receberam a doação de 300k de feijão, doados pela Conab ao Programa Mesa Brasil.

De acordo com a Coordenadora de Capacitação do Ruraltins, Iranilde Gonçalves, idealizadora do projeto, nem todas as famílias que moram em assentamentos têm produção suficiente para suprir suas necessidades diárias e o Projeto Partilhar chega para enriquecer o cardápio. “ Conhecendo o Mesa Brasil do Sesc, que busca alimentos onde sobra e entrega onde falta, percebemos que o programa vinha ao encontro das políticas sociais implementadas pelo atual governo para erradicação da pobreza e o combate a fome e também com as ações desenvolvidas por nós do Ruraltins, destacou a coordenadora .

Ainda segundo, Iranilde Gonçalves, essa ação, baseada em parcerias, não será eventual mas sim contínua. “ Com a ajuda dos escritórios locais do Ruraltins, estamos identificando as comunidades rurais mais carentes em todo Estado para atendermos a quem realmente precisa. Neste ano a meta é beneficiar 14 municípios da Região Sudeste, 10 no Bico do Papagaio além de seis na Região Central do Estado, finaliza.

Para a Assistente Social do Programa Mesa Brasil do Sesc, Erica Maria Bezerra Miranda, a iniciativa é muito positiva pois amplia o número de pessoas cadastradas e aptas a receberem as doações. “ Nossa intenção é amenizar o problema da fome por meio da complementação das refeições dessas famílias, distribuindo alimentos não perecíveis como arroz, feijão, farinha e leite em pó”, destaca.

Marilene Nunes da Silva, que há quatro anos mora com o marido e cinco filhos, no Assentamento Veredão, destaca a importância dessa iniciativa.” A vinda desse projeto traz um novo ânimo, pois acreditamos num futuro melhor”, disse

O Projeto Partilhar faz parte de uma grande ação de cidadania no campo que envolverá inclusão produtiva de jovens e mulheres, capacitação entre outras atividades desenvolvidas pelo Ruraltins.

Mesa Brasil

O Programa Mesa Brasil – Sesc que teve inicio em 1991, é um programa de segurança alimentar e nutricional sustentável, que tem como objetivo redistribuir alimentos excedentes apropriados para o consumo fora dos padrões de comercialização. Formado por uma rede de banco de alimentos que busca onde sobra e entrega onde falta – o Mesa Brasil SESC contribui para o combate à fome através da complementação de refeições. No Tocantins o programa tem sede em Araguaina, Gurupi e Palmas, mas atende em todo Estado.(Ascom Ruraltins)