Geral

Foto: Fernando Alves Rescisão com empresa anterior que explorava o restaurante foi feita em janeiro Rescisão com empresa anterior que explorava o restaurante foi feita em janeiro

Os restaurantes comunitários das regiões Norte e Sul de Palmas já se encontram devidamente preparados para o atendimento ao público e serão reabertos na próxima quarta-feira, 17, a partir das 11 horas. As unidades foram fechadas no início deste ano após a identificação de irregularidades no funcionamento, desde então passaram por uma ampla reforma e atualmente atendem a todas exigências sanitárias e estruturais apresentadas.

Os restaurantes têm o objetivo de assegurar prioritariamente alimentação sadia e de baixo custo para a população em situação de vulnerabilidade socioeconômica e de insegurança alimentar e nutricional. As unidades são também pólos geradores de emprego e renda, pois priorizam a compra de gêneros alimentícios produzidos na própria região, com entrega direta no local, como forma de reduzir custos e garantir qualidade e geração de renda aos agricultores locais.

O público beneficiário dos restaurantes comunitários é formado por trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, aposentados, moradores de rua e famílias em situação de risco de insegurança alimentar e nutricional.

A empresa “Tia Rita Eventos”, segunda colocada na licitação já assumiu a administração dos restaurantes, depois de ter passado por rigorosa inspeção sanitária antes de oficializar o contrato, se comprometendo com todas as exigências estabelecidas pelo ajuste de prestação de serviços para o fornecimento de alimentação.

Os restaurantes contam com cozinheiros, funcionários de copa e a supervisão de nutricionistas, responsáveis pela elaboração do cardápio balanceado.

Funcionamento

Os restaurantes comunitários de Palmas funcionam de segunda à sexta-feira, das 11 às 14 horas, oferecendo 4.000 refeições por dia ao custo de R$ 2,00. A Prefeitura de Palmas subsidiará a diferença do custo total que será de R$ 2, 18. (Ascop)