Estado

Foto: Wilson Rodrigues

O deputado federal Giovanni Queiroz, visitou o governador Siqueira Campos na tarde desta quinta-feira, 18, no Palácio Araguaia. O deputado é um dos principais articuladores e defensores da divisão do Estado do Pará. “Tenho dito que o maior e melhor laboratório que a gente tem para criar o Estado do Carajás, é o Tocantins e por isso faço questão de conversar sobre isso com o governador Siqueira Campos”, afirmou

O Tribunal Superior Eleitoral aprovou a realização de plebiscito, marcado para o dia 11 de dezembro deste ano e que vai definir se a população paraense quer ou não a divisão do Estado para a criação de mais duas novas unidades da Federação: Carajás e Tapajós.

O governador ponderou sobre o assunto e demonstrou preocupação com o tamanho da área destinada ao Estado do Tapajós, mas assegurou, por sua experiência política, que espera a aprovação, pelo plebiscito, da divisão territorial do Pará. Siqueira Campos falou sobre um dos principais pontos de discussão neste assunto: com a divisão, a parte que se tornará Estado do Carajás é considerada a mais rica, pela produção de minério e do agronegócio, mas lembrou que com a criação do Estado do Tocantins, houve um crescimento considerável tanto para Goiás quanto para o novo Estado.

O deputado Giovanni Queiroz argumentou que “os dados que tem sobre o Tocantins são subsídio para os debates e na discussão da divisão do Pará dentro da Câmara Federal e por todo o Estado do Pará.” Ele frisou que a sociedade paraense anseia pela divisão. “Não temos mais porque adiar, agora é a hora”, disse. (Secom)