Polí­cia

Foto: Divulgação

A Polícia Militar Ambiental, em parceria com o Naturatins, está em operação para combater o tráfico de capim dourado na região do Jalapão. A planta é um bem comum e uma espécie endêmica do Tocantins, e por esse motivo merece todos os cuidados. As operações se estenderão por todo o período de colheita do capim dourado, que vai de 20/09 a 30/11.

Por meio de uma denúncia, a equipe da última operação chegou a um homem que estava colhendo o capim dourado antes de período estabelecido pela lei. A principio o mesmo negou que estivesse envolvido, mas posteriormente confessou o crime.

O capim dourado coletado de forma irregular estava escondido em uma vereda e armazenado dentro de sacos de estopa, onde posteriormente seria traficado. Foram ao todo 123 quilos da planta, o que acarretou em uma multa de R$ 26.900,00, de acordo com o decreto federal 6.514.

Até o final da operação, os militares da Polícia Ambiental continuarão de forma intensiva fiscalizando e informando a população da região quanto à importância da preservação do capim dourado, na intenção de coibir crimes e práticas abusivas ao meio ambiente, como adianta o comandante da Polícia Militar Ambiental, ten cel Félix Francisco dos Santos Neto. (Ascom PM)