Meio Ambiente

Foto: Dornil Sobrinho

A prefeita de Porto Nacional, Teresa Martins (PDT) recebeu na última terça-feira, dia 06, juntamente com o secretário municipal de Meio Ambiente, Edgar Mascarenhas, o presidente da Associação de Coleta Seletiva de Porto Nacional, Waldecy Cardoso da Cruz e a professora Erotides Soares Correa Nogueira, geógrafa que trabalha questões ambientais nas escolas.

Durante a reunião foi concretizada a parceria da associação dos catadores de material reciclável com a Prefeitura de Porto Nacional, para que possa ser implantada no município a coleta seletiva do lixo, atendendo aos anseios do presidente da Associação. “Esse já era um objetivo nosso, inclusive nos manifestamos a respeito na ocasião da 5ª edição do Minifórum do lago que aconteceu em Porto Nacional no último dia 30 de agosto”, referiu-se Waldecy Cardoso.

A prefeita Teresa Martins se prontificou a apoiar a associação dos catadores no que for necessário e ainda disponibilizou um caminhão baú, através da Secretaria Municipal de Transportes, que será adaptado para a coleta seletiva, fortalecendo o trabalho dos catadores. Ficou acertado que a coleta seletiva será implantada como projeto piloto pelo centro da cidade, especialmente nos eixos comerciais das Avenidas Joaquim Aires, Frederico Lemos e Anísio Costa, para depois abranger toda a cidade.

A implantação da coleta seletiva em Porto Nacional terá lançamento oficial no Fórum Municipal do Lixo e Cidadania que acontecerá no dia 21 de setembro, no Centro Cultural Durval Godinho. O fórum será aberto a toda a comunidade e terá participação das Secretarias Municipais de Meio Ambiente, Educação e Saúde. “Será um momento para discutir a questão da destinação final do lixo com a sociedade, além de apoiar e fortalecer o trabalho dos catadores e conscientizar a população para os problemas ambientais causados pelo lixo” esclareceu a prefeita Teresa Martins.

Na ocasião do fórum, haverá ainda a organização da coleta seletiva, o plantio de árvores e deliberação da comissão provisória do Conselho Municipal de Meio Ambiente. “Esse é um grande avanço para a preservação do meio ambiente e mudança de hábito das pessoas, portanto é fundamental a participação da comunidade, porque todos precisam colaborar”, avalia a professora Erotides.

Para a prefeita Teresa Martins, “é de grande importância a implantação da coleta seletiva no município de Porto Nacional por que além de gerar renda a associação dos catadores ainda será feita a reciclagem do lixo, diminuindo o fluxo do aterro sanitário”, afirma. (Ascom Prefeitura de Porto Nacional)