Polí­tica

Foto: André Camargo

O presidente da Associação dos Pescadores Ribeirinhos de São Salvador esteve esta semana com o senador João Ribeiro para pedir apoio para a construção de tanques de peixes nos rios afluentes do Rio Tocantins na região sul do Estado. Com a instalação da hidroelétrica Peixe Angical, que entrou em operação comercial em 2006, os pescadores perderam o acesso aos locais tradicionais de trabalho. “Praticamente perdemos a nossa fonte de sustento e estamos recorrendo ao senador João Ribeiro em busca de uma solução”, disse o presidente Marcos Pereira.

No encontro com o senador, o presidente da associação dos pescadores solicitou agilidade na liberação de emenda ao Orçamento 2011 no valor de R$ 100 mil para a construção dos criatórios. No texto da emenda, a participação do governo federal se justifica pelo impacto ambiental causado pela construção da Usina que alterou todo o ecossistema da região: “É dever do Estado corrigir esta situação, investindo no potencial dos associados (pescadores) de maneira a gerar emprego e renda para a população ribeirinha dos rios próximos da Usina”.

Usina Peixe Angical

Localizada no rio Tocantins, entre os municípios de Peixe, São Salvador do Tocantins e Parana, na região Sul do estado do Tocantins, a usina hidrelétrica criou um lago artificial com cerca de 300 km² que afetou toda a região.

Além de oferecer empenho pessoal junto ao Ministério do Planejamento para liberação imediata da emenda ao Orçamento 2011, o senador João Ribeiro disponibilizou o gabinete e seus assessores para auxiliar na busca de programas e projetos que possam minimizar as perdas que os pescadores tiveram com a construção da Usina Peixe Angical. Acompanharam o encontro com o senador João Ribeiro com Marcos Pereira, os pescadores Otniel Jorge Teixeira e Edilson Martins Gonçalves.(Ascom João Ribeiro)